TCM explica por que gestores com contas irregulares saíram da lista entregue à Justiça Eleitoral
Prédio do TCM em Belém

O Tribunal de Contas dos Municípios do Pará enviou contraponto ao Blog do Jeso a propósito da matéria TCM erra e publica nova lista de políticos do Pará com contas irregulares.

Segundo o tribunal, a publicação da nova lista de fichas sujas não ocorreu por conta de erro “e nem reparo de erro” na primeira listagem.

Abaixo, a íntegra da nota:

“Em respeito aos leitores do conceituado blog e cumprindo o compromisso com a transparência das nossas ações, o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará (TCM-PA) esclarece que enviou ao Ministério Público Federal (MPF), dentro do prazo legal, a relação dos gestores com contas irregulares junto a esta Corte de Contas.

Além disso, o TCM-PA disponibilizou também a listagem no Portal institucional (www.tcm.pa.gov.br) e ao Tribunal Regional Eleitoral no Pará.

Com a divulgação da listagem dos ordenadores em situação irregular com o TCM-PA, alguns deles deram entrada, tempestivamente, em recursos junto à Corte de Contas, o que ocasiona a retirada dos nomes deles da lista até que os recursos sejam julgados.

Em decorrência disso, há uma atualização constante do documento. Desta forma, o TCM-PA esclarece que não houve erro nem reparo de erro na listagem, conforme divulgado por este blog.

A disponibilização da listagem para a sociedade e para órgãos parceiros visa a garantir a transparência nas eleições 2018 e a aplicação da Lei da Ficha Limpa.”

  • 11
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: TCM explica por que gestores com contas irregulares saíram da lista entregue à Justiça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • antonio disse:

    Esses conselheiros não tem um mínimo de moral. Todos tem rabo preso com políticos, um antro de corrupção. Deveria ser extinto.