A titular da pasta de Educação em Santarém (Semed), Lucineide Pinheiro (foto), é uma das convidadas para a audiência pública, a ser realizada em Brasília na quinta-feira (20), promovida pela Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados.

A audiência, provocada pela deputada Professora Dorinha Rezende, do DEM de Tocantins, vai avaliar o transporte escolas dos alunos das escolas públicas do país.

No evento, a secretária santarena representará a Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação).

Leia também:
Cientista francês em Itaituba.
Festival da Caratinga, patrimônio do Pará.
Pacoval sob influência “estrangeira”.
Suécia fará pesquisa em Santarém.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: Comissão convida secretária para audiência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Estaremos muito bem representado. Tenho certeza que Lucineide irá contribuir muito no evento. Boa sorte Professora.

  • Alberta Riker disse:

    Nosso municipio está bem representado pois esta Sra. é séria, honesta e competente no q faz . Tomara q/ esta audiência renda traga frutos p/ nossa região, tem tudo p/ render ! Vá com Deus Profª. Lucineide!
    A saída para o Brasil melhorar crescer de verdade, é investir na educação; ao invés de construírem mais presídios diminuindo a maioridade penal, deve-se investir pesado na educação e, claro, colocar pessoas sérias, honestas e competentes p/ administrar essa seara.

  • Juscelino Ferreira disse:

    Nós até podemos não ter o transporte escolar dos nossos sonhos, mas com toda certeza, a partir dos esforços da professora Lucineide Pinheiro, nossos alunos passaram a ser transportados com mais dignidade. Reafirmo, não é o ideal, mas o avanço é significativo especialmente na região de rios, onde lanchas doadas pelo MEC e barcos entregues pela própria Semed fazem o transporte de estudantes.

    Antes, inclusive no meu tempo de estudante no Arapiuns, quem queria ir à escola tinha que remar (de canoa) por horas.