Ibama demite servidores condenados pela Justiça Federal em Santarém

Quatro servidores públicos condenados pela Justiça Federal em Santarém foram demitidos do quadro de pessoal do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis). Todos têm envolvimento da operação Madeira Limpa, deflagrada em 2015 no oeste do Pará.

A portaria de demissão deles, publicada no último dia 8, foi assinada pelo ministro Ricardo Sales.

Os alvos foram:

Francisco Elias Cardoso do Ó, técnico administrativo. Foi condenado a 7 anos e 6 meses de prisão.

José Maurício Moreira da Costa, técnico administrativo. Condenador a 3 anos e 6 meses de prisão.

João Batista da Silva, técnico administrativo. Condenador a 5 anos e 10 meses de prisão.

Álvaro Silva Pimentel, técnico administrativo. Condenado a 5 anos e 10 meses de prisão.

O MPF (Ministério Público Federal) recorreu da decisão por achar as penas brandas.

— LEIA também esse caso: Justiça Federal condena 13 réus da Madeira Limpa, entre eles servidores do Ibama e Incra

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Ibama demite servidores condenados pela Justiça em Santarém; confira os nomes

  • O título da matéria dá a entender que os servidores também seriam do Ibama em Santarém. Eles são do Ibama de Belém, da Superintendência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *