Juiz santareno assume vaga de titular no TRE do Pará

Publicado em por em Justiça, Pará, Santarém

Juiz santareno assume vaga de titular no TRE do Pará
Airton Portela, santareno, é o novo titular do TRE do Pará. Foto: Ascom/JFPA

O juiz federal José Airton de Aguiar Portela, titular da 9ª Vara em Belém (PA), tomou posse, na manhã desta terça-feira (4), como membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará, em sessão presidida pelo presidente da corte, desembargador Leonam Gondim da Cruz.

O magistrado ocupa a vaga da juíza federal Carina Bastos de Senna, que exerceu as funções até junho passado. O juiz federal substituto, também empossado hoje, é Caio Castagine Marinho.

“Tenho certeza que iremos aprender muito com vossas excelências e que juntos vamos poder elevar ainda mais o nível do nosso tribunal. Sejam bem-vindos”, disse o desembargador-presidente.

“De minha parte, do que me for confiado nesta difícil e honrosa missão de julgar, proporei aos meus ilustres pares, diuturna e incansavelmente minha convicção de que o Estado Democrático de Direito, e muito mais a democracia, como valor e cara conquista civilizatória da humanidade, não podem ser relativizados, tanto mais para justificar e contribuir para perpetuar tiranias e regimes que desprezam a única fonte legítima de todo e qualquer poder: a cidadania, o povo”, afirmou Portela.

Trajetória

Santareno, Airton Portela relembrou também sua trajetória profissional, desde que se graduou em direito, em 1995, e inclui sete anos de experiência entre advocacia privada, procurador estadual, servidor federal, procurador federal, advogado da União e magistério superior, como também quase 21 anos como magistrado federal.

“Hoje é um dia especial nesses 21 anos como juiz federal, quando me chega a vez de assumir a vaga de juiz membro deste tribunal. Entro como um aluno com meu caderno em branco para aprender com os meus pares”, enfatizou.

Com informações da Justiça Federal do Pará

— O JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Uma comentário para

  • Como é alvissageiro ter alguém digno de receber homenagens pela conduta profissional, Juiz da ” velha guarda” afeito a aplicar a Lei e não aplicar narrativas. Parabéns, força e honra!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *