por Sidney Canto

Dia 2 de novembro de 1882

Em sua terceira viagem ao rio Cuminá, assim se expressa o padre José Nicolino, fundador de Oriximiná, em seu “Diário”: “Reconhecendo que a direção real do igarapé era E. e que já estávamos na bacia do rio Curué, do qual é ele afluente, voltamos e pernoitamos na nossa estação do Patauá”.

Leia também:
Ordenação episcopal de Henrique Prost.
Lei cria escolas no interior do Grão Pará.
Bela da Imperatriz passa a ser Parintins.
O 1º Congresso de Pescadores.
Últimos sacramentos ao padre dos índios.
Cientista inglês visita Santarém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *