Musa do poeta, a obidense  Berenice Bemerguy faz 87 anos; leia 2 poemas de Emir para ela
Berenice, a musa do poeta Emir Bemerguy

Musa inspiradora do poeta e escritor santareno Emir Bemerguy (1933 – 2012), a odontóloga Berenice Bemerguy completa nesta quinta-feira 87 anos.

O casal teve 8 filhos (6 biológicos e 2 adotivos) — Emir, Vidal, Telma Márcia, Lúcio, Lila, Socorro e Maria de Lourdes — frutos de um relacionamento de mais de meio século.

 

Berenice, formada na UFPA (Universidade Federal do Pará), nasceu em Óbidos. Foi na cidade da Calha Norte, às margens do rio Amazonas, que ela se casou com seu colega de faculdade.

Nos 54 anos de convivência ininterrupta, não faltou inspiração em verso e prosa para Emir cantar e louvar sua musa. Como nos dois poemas abaixo.


Alma Vadia

Eu gosto de sonhar nas noites como esta,
Em que meu Tapajós reflete a luz da Lua…
Minh’alma de boêmio ausente da seresta
Liberta-se do corpo e foge pela rua…

A vida contra mim os seus fuzis assesta;
Qual fera furiosa, sem cansar, me acua…
Mas teimo em transformar meus medos numa festa:
Convém que ao coração a paz se restitua.

Por isso é que me ponho, em noites assim claras,
A passear, sonhando, por lonjuras raras,
Sorrindo, com desdém, do que virá depois…

Na estrela que mais brilha eu me reúno a ela,
Num refúgio que a musa ao mundo não revela:
A Lua… O tapiri… Meu violão… Nós dois!…

Escrita em 9 março de 1975

 

Resposta

À minha esposa

Tu perguntaste, em meio a um carinho,
Como vai indo o meu amor por ti;
Se neste peito ocupas o cantinho
Em que um sacrário, outrora, eu te erigi.

Passando a mão, de leve, bem mansinho,
Nesses cabelos onde eu me perdi,
Ao responder, indago: meu benzinho,
Não leste, então, os versos que escrevi?

Basta que fites estes olhos tristes
Que só se alegram quando estás presente,
Pois no meu único prazer consistes.

Não, minha vida, nunca mais inquiras!
Se não for mesmo como antigamente,
É bem maior o amor que hoje me inspiras!

Soneto escrito em 28/3/1967

https://3.bp.blogspot.com/-Ys4CBhuoUMI/XYOgsPC8T0I/AAAAAAAAevQ/qX4IoZTz4QgPHOsJs394XUMNGI8eWmTXgCLcBGAsYHQ/s1600/berenice%2Be%2BEmir.jpg
Berenice e Emir casaram em Óbidos

— LEIA também: Naufrágio de Von Martius no rio Amazonas faz 200 anos; botânico doou crucifixo

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Musa do poeta, a obidense Berenice Bemerguy faz 87 anos; leia 2 poemas de Emir para ela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Maria Clara disse:

    História de amor linda e maravilhosa!!! A familia Bemerguy é parte sempre viva na história de Santarém…Parabens a Sra. Berenice Bemerguy.