O que explica a alta do preço do arroz: o fica em casa ou as leis do mercado
Arroz, preço em alta no país. Foto: MaisNews

por Válber Pires (*)

O mercado cumpre sua missão de destruir a sociedade? O economista Karl Polanyi dizia que o mercado desregulado destrói a sociedade e a nossa humanidade.

Nossos queridos bolsominions estão espalhando mais uma fake news: o aumento do preço do arroz e outros produtos se deve ao “fica em casa”.

Válber (*)

Na cabecinha vazia deles, como sempre, a culpa é da esquerda e, neste caso, principalmente do funcionalismo público.

Ao bem da verdade, a produção de arroz em nada foi afetada pelo “fica em casa”, pois até cresceu. Então, o que explica a alta do produto são dois fatores: elevação das exportações, que fez reduzir a oferta para o mercado interno, e destruição a dos estoques regulatórios da Conab, iniciada com Temer e continuada por Bolsonaro.

Isto é, mais uma vez são as leis do mercado e, neste caso, do mercado totalmente livre, desregulado, sem freios por parte do Estado que, como sustentava Polanyi, cumpre sua missão de destruir a sociedade.


— * Válber Pires é professor universitário, doutor em Sociologia, com pós-doutorado em Socioeconomia e Sustentabilidade.

LEIA também de Válber Pires: Prisão do pastor Everaldo e afastamento de Witzel: política e critérios morais

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: O que explica a alta do preço do arroz: o “fica em casa” ou as leis do mercado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *