Aliados defendem que Geraldo Alckmin assuma presidência do PSDB, foto de Geraldo Alckmin

Coluna Painel, da Folha de S. Paulo, hoje, 17:

Tucanos e caciques de outras siglas passaram a defender que Geraldo Alckmin (SP – foto) reivindique o direito de presidir o PSDB a partir do ano quem, quando o senador Aécio Neves (MG) conclui seu mandato à frente do partido.

Leia também – Força-tarefa de Alexandre Von ajuíza recurso no TSE contra partido aliado.

Os entusiastas da ideia afirmam que o mineiro não teria como negar apoio ao colega. Até agora, falava-se apenas em levar à direção um nome ligado ao paulista.

Segundo relatos, o governador resiste à proposta. Argumenta que seria difícil conciliar as duas funções.

Para alckmistas, o comando do PSDB ajudaria o tucano a ganhar protagonismo fora de SP, fortalecendo seu propósito de se tornar candidato à Presidência da República em 2018. Falta, porém, combinar com os russos.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Aliados defendem que Geraldo Alckmin assuma presidência do PSDB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *