Publicado em por em Política

A declaração ocorre em meio a um racha na sigla, depois de confusão nas prévias

Em meio à confusão das prévias, Virgílio diz que Aécio é “maçã podre” do PSDB
Arthur Virgílio, ao lado de Dória, em entrevista na noite deste domingo. Confusão nas prévias. Foto: Poder360

O candidato nas prévias do PSDB à Presidência da República Arthur Virgílio disse que o deputado Aécio Neves é uma “maçã podre que está “estragando bastante as outras”. O ex-prefeito de Manaus também criticou o comportamento “bolsonarista” da bancada tucana em votações no Congresso.

A fala foi feita na noite deste domingo (21),em entrevista ao lado do governador de São Paulo João Doria, também candidato nas prévias da sigla.

— Confira: Alckmin pode ser vice de Lula se PSB for cabeça de chapa em 5 estados; 1 do Norte

“Considero o PSDB um caminhão carregado de maçãs boas, mas tem uma que está estragando as outras. E dou nome e sobrenome: Aécio Neves”.

A declaração veio um momento de racha no PSDB, depois de uma confusão sobre o desfecho das prévias. O partido pausou o processo que realizava neste domingo (21) por instabilidades no aplicativo de votação dos filiados sem mandato e vereadores. O plano inicial era ter encerrado o pleito às 18h.

Doria e Virgílio defendem que a disputa seja retomada no próximo domingo (28). A fundação que fez o app das prévias do PSDB diz estar investigando problema

Na entrevista ao lado de Virgílio, o governador de São Paulo disse que o PSDB vai passar por um processo de “depuração”. Ele citou os nomes de integrantes importantes da sigla que não conseguiram votar, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, os senadores José Serra e Mara Gabrili, e o próprio Virgílio.

“Não é possível nem razoável imaginar que essas pessoas não tenham direito de exercer seu voto, e fazê-lo no próximo domingo. Não há razão para adiar as prévias do PSDB, exceto por aqueles que querem melar as prévias do PSDB. Fora disso, quem quer fazer democracia, não tem medo do voto”.

Doria disse que não há nenhum impasse entre ele o Virgílio. Sobre a relação com Eduardo Leite, afirmou que o governador gaúcho vem mudando de posição.

“É preciso ter uma única palavra e uma única atitude. Não é razoável você ter uma atitude, e 10 minutos depois ter outra, meia hora depois outra. Só há uma atitude. É fazer com que as prévias que não foram concluídas hoje sejam concluídas no próximo domingo. Não há outra alternativa”.

Com informações do site Poder360


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *