Agência Pará

Pedacinho dos Estados Unidos, na década de 1920, transplantado para o coração da floresta amazônica”. Assim a jornalista inglesa Kiki Deere, do guia de turismo “Rough Guides”, define a vila de Fordlândia, no oeste do Pará.

A jornalista foi recebida em Belém, em fevereiro passado, pela Companhia Paraense de Turismo (Paratur), que apoiou a reportagem nos principais municípios das regiões turísticas de Belém, Amazônia Atlântica, Marajó e Tapajós.

Leia também:
Governo paga parcela de retransmissão à FPF.

Fordlandia. Foto: Kiki Deere.Fordlândia. Foto: Kiki Deere

Além de incluir inúmeros serviços e atrativos turísticos do Pará no Guia, Kiki escreveu um artigo especial sobre a história da borracha em Fordlândia, comunidade hoje pertencente ao município de Belterra [na verdade pertence ao município de Aveiro], erguida na Amazônia pelo industrial norte-americano Henry Ford, criador da Ford Motor Company e pioneiro na montagem em série de automóveis.

Ele pretendia extrair látex para a produção da borracha que abasteceria sua indústria automobilística nos Estados Unidos. Com a Ford Company, Henry Ford se tornou um dos homens mais ricos do mundo nos anos 1930.

Em seu artigo, Kiki relata o momento histórico da “Belle Époque”, que deixou à Amazônia, em especial ao Pará, um tesouro arquitetônico, como o Theatro da Paz, em Belém, e Fordlândia, em Belterra. Ela descreve com detalhes a arquitetura local, as fábricas de borracha abandonadas, a rotina dos moradores, e ainda conta uma lenda urbana que circula entre os habitantes da vila: que os americanos também explorariam ouro na região.

Diversas ações de promoção são feitas pelo governo do Estado na região. Para Belterra, a Secretaria de Estado de Turismo (Setur) também projetou a construção de um Hotel Ciência, em que a atividade turística seria desenvolvida comercialmente de forma sustentável, tendo como principal segmento a natureza da região, que integra a Floresta Nacional do Tapajós (Flona).

A íntegra da matéria de Kiki Deere está no site https://www.roughguides.com/article/fordlandia-abandoned-city/

  • 23
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

8 Comentários em: Fordlândia é destaque em revista da Inglaterra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Paulo disse:

    Pra servir pra cabide de emprego para mais canalhas e vagabundos (principalmente políticos)?!….Pará é um só, os descontentes que procurem outras regiões pra praticarem essa m….!!!

  • Silva kkkkkk!!! disse:

    Fordlândia,mais um dos fracassos da sanha gananciosa dos diversos grupos econômicos que saquearam e continuam saqueando a Amazônia e seu povo, que é cada vez mais empurrado para as cidades-guetos como Belém, Santarém e Manaus condenados a viver na miséria e das sobras desse sistema mentecapto. Não dá pra ri, agora é chorar mesmo. 🙁 🙁 🙁

    1. Jeso Carneiro disse:

      Inteligente análise, Silva.

    2. Zé da Lamparina disse:

      É por esse motivo que advogo a criação da República da Amazônia, independente do Brasil. Os amazônidas não teriam mais motivos para reclamar de intromissão do Governo Federal do Brasil em assuntos da Amazônia. Nada de hidrelétricas, por exemplo, pois não precisaríamos delas.
      Mas será que nossa classe política e empresarial seria a favor de nossa independência?

      1. J. P.A.U. NOS POLÍTICOS SAFADOS E LADRÕES disse:

        Acho que independencia é meio difícil. Porém, pra começar alguma mudança, a divisão do Pará em estados menores, talvez, já fosse um bom começo.

  • Hitamar Santos disse:

    Jeso, uma retificação seria oportuno: Fordlândia (Vila onde nasci) fica no município de Aveiro.

    1. Jeso Carneiro disse:

      Ok, caro Hitamar, aveirense de quatro costados. rsrs. Coloquei um adendo, pois o texto não é do blog. E sim da Agência Pará.

  • Alberto Silva disse:

    Excelente qualquer possibilidade de divulgação do processo histórico da região, afinal a história sempre será nossa melhor forma de referência para os acertos, porém é preciso considerar o poder da informação para evitarmos confusões e embora parte do empreendimento esteja também em BELTERRA e deva ser reconhecido, saibamos todos que:

    FORDLANDIA FICA NO MUNICÍPIO DE AVEIRO