Jader recua e lança Juvenil ao governo do PA

Publicado em por em Política

No Diário do Pará Online:

O presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Domingos Juvenil, será o candidato do PMDB ao governo do Estado. A decisão foi tomada após reunião de quase cinco horas na sede do partido, na noite de ontem [27].

Participaram os integrantes da bancada peemedebista na AL e o presidente da legenda no Estado, deputado federal Jader Barbalho. A bancada federal foi consultada por telefone.

“Somos a tão esperada terceira via”, declarou Jader, afirmando que o partido foi levado a optar pela candidatura própria após conversas com os prefeitos e com as bancadas peemedebistas na Assembleia Legislativa.

Para Jader, os prefeitos e deputados argumentaram que o PMDB estava cansado de ajudar candidatos de outros partidos a se elegerem. “Fizemos isso em 2002 (apoiando o tucano Simão Jatene) e em 2006 apoiando Ana Júlia Carepa. Achamos que chegou a nossa vez”, afirmou.

Indagado se a candidatura é para valer, disse que “não há possibilidade de reversão desse processo”.

Jader afirmou que considera o pré-candidato do PMDB competitivo. “É uma pessoa conhecida em todo o Estado, presidente do Legislativo paraense”, declarou.

AQUI, mais informações.


Publicado por:

5 Comentários em Jader recua e lança Juvenil ao governo do PA

  • O Jáder recebeu o recado e sentiu o golpe dado pela Revista Veja. Ele tremeu, ficou com medo, amarelou. Percebeu, de uma vez por todas que se ele se arvorar a dar vôos muito altos, a artilharia de uma boa parte da grande mídia se volta imediatamente contra ele. A elite intelectual da imprensa não gosta dele, o considera uma das grandes ratasanas da política brasileira. Ou seja, ele está sujo, não é só a ficha não, é a imagem mesmo!
    E então, para manter os objetivos da sua ambição, agiu com sabedoria. Em vez de ir com sede ao pote de mel e correr o risco de ser estilhaçado, preferiu ficar na surdina como sempre fez.
    De qualquer modo, isso é muito mais uma demonstração de fraqueza, de imediatismo, de desespero do que de qualquer outra coisa. Demonstração de força é o que não é.
    A pergunta que se faz é: já que ele não fazia questão de ser candidato, por que então, em nome da aliança nacional perniciosa PT-PMDB, ele não aceitou a unificaçao do palanque da Dilma no estado em torno da candidatura da atual governadora…
    Jáder quer mostrar, ou testar sua força.
    Mas, macaco velho como ele é, sabe muito bem que nunca sairá perdendo nesta história toda, mesmo que o Juvenil vá pras cucuias… Ele se elege e junto consigo elege mais uma tropa e, com isso, continuará participando e mamando em qualquer governo, uma vez que oposição ele não consegue ser. Como oposição desde o início de um mandato sua política ficaria insustentável… O salariozinho de parlamentar não paga as despesas mensais do esquema montado. E, por outro lado, nenhum governo vai querer a oposição do Jader que é uma fera que sabe tudo da política, as manhas e as artimanhas.
    Ou seja, ao final, tudo ficará na mão…
    A não ser que o povo vire a mesa!!!

  • EU ACHAVA MELHOR QUE JADER BARBALHO FOSSE CANDIDATO AO GOVERNO DO ESTADO DO PARA POIS ELE É O MELHOR PRO PARA EU NÃO GOSTEI DESSA ATITUDE DO JADER NÃO SAIR CANDIDATO AO GOVERNO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *