Prefeitura de Santarém exonera advogado acusado pornografia infantil
Marcelo Spínola Salgado: exoneração da Prefeitura de Santarém

Acusado de armazenamento de pornografia infantil, o advogado Marcelo Spínola Salgado não é mais servidor da Prefeitura de Santarém. Ele foi exonerado por ordem do prefeito Nélio Aguiar (DEM).

Preso na terça (15) e solto mediante pagamento de fiança de 40 salários mínimos (R$ 41.560,00) nesta quarta (16), Spínola responde a acusação em liberdade.

 

Ele ocupada o cargo de chefe de Divisão da Semdec (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Tecnologia).

Abaixo a nota da Prefeitura de Santarém sobre a exoneração.

“A Prefeitura de Santarém informa que o servidor Marcelo Spínola Salgado, que exercia a função de Chefe de Divisão da Semdec, foi exonerado nesta quarta-feira, 16, e não possui mais vínculo com o funcionalismo público municipal.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *