Publicado em por em Santarém

Fiscais da Sefa também localizaram, no porão de uma embarcação mercadorias sem nota fiscal

Carretas com produtos importados são apreendidas pela Sefa e Receita Federal em Santarém
As mercadorias importadas nos carros da RFB. Imagens: Agência Pará

Duas carretas com mercadoria importada e centenas de peças de veículos e produtos de higiene foram apreendidas nesta terça-feira (3) durante ação de fiscais da Coordenação de Controle de Mercadorias em Trânsito do Tapajós, da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), no porto Maicá, em Santarém, oeste do estado.

“Assim que percebeu que os produtos eram importados, o pessoal da fiscalização da Sefa acionou a equipe da Receita Federal do Brasil (RFB) e entregou as duas carretas, que foram levadas pelos agentes do fisco federal para conferência e ações cabíveis”, informou Volnandes Pereira, coordenador da unidade de Controle de Mercadorias em Trânsito da Sefa, em Belém.

— LEIA AINDA: Quem é o empresário preso por furto de energia e o valor da fiança que ele pagou

A Receita Federal apreendeu duas carretas de pneus para triagem do material importado, além de 98 peças de motos e carros importados.

“Os produtos importados não recolheram imposto de importação, cabendo ação da RFB. E o que for nacional será devolvido à Secretaria da Fazenda, para proceder a autuação por falta de recolhimento do ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços), imposto estadual”, informou.

Fiscais da Sefa também localizaram, no porão de uma embarcação, 720 unidades de óleo lubrificante, peças de moto, 9.600 unidades de amaciante, 3.120 unidades de sabão em pó, 10.400 pacotes de fralda, telhas, perfis e chapas de alumínio. As mercadorias, sem nota fiscal, estavam no porão de uma embarcação que saiu de Manaus (AM) com destino a Santarém.

Porão da embarcação oriunda de Manaus (AM): mercadorias sem nota fiscal

Com informações da Agência Pará

Assine e participe, comente no canal do Blog do Jeso no Telegram


Publicado por:

3 Comentários em Carretas com importados são apreendidas em Santarém; embarcação também

  • Lembrei que há alguns anos a Polícia Federal, em São Paulo, incinerou uma MONTANHA de bolsas de luxo importadas que foram apreendidas pela Receita em situação semelhante … Minha vontade era de gritar “NÃÃÃOOOO!!!!” , e pegar pelo menos umas 5 para eu usar … muito triste torrar aquelas belas preciosidades … mas no fundo no fundo a gente sabe que esses contrabandos , descaminhos, tudo prejudica a nossa economia, sabemos que é crime logo … … t e m q u e s e r destruído …. fodástico ….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.