Com esposa na Semtras, Reginaldo deve apoiar candidatura de Celsa Brito à Alepa
Nélio Aguiar, Celsa Brito e Reginaldo Campos: estratégia política para 2022. Foto montagem: BJ

Apontado pelo MPPA (Ministério Público do Pará) como chefão da Perfuga em Santarém (PA), o ex-vereador Reginaldo Campos deve apoiar a provável candidatura de Celsa Brito à Alepa (Assembleia Legislativa do Pará) na disputa eleitoral do próximo ano. A esposa dele está lotada na Semtras (Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social).

Celsa, primeira-dama do município, dirige desde 2017 a Semtras (Trabalho e Assistência Social), onde Rachel Campos, esposa de Reginaldo, bate ponto desde março deste ano como assessora especial.

— LEIA AINDA: Salário de assessor top do prefeito Nélio Aguiar cai 20% após reportagem do BJ.

 

No cargo de “assessora de política públicas para mulheres”, Rachel Campos recebe salário de R$ 3 mil. É a única no governo Nélio Aguiar com esse tipo de assessoria, conforme levantamento feito pelo BJ (Blog do Jeso) no Portal da Transparência.

Apesar de fora da política, por conta de sua condenação na Perfuga, Reginaldo Campos continua agindo habilmente nos bastidores. Ainda que em prisão domiciliar, ele atua à sombra com desenvoltura por conta da liderança que ainda tem, por exemplo, dentro do PSC.

Nélio Aguiar planeja lançar a sua esposa à disputa por vaga à Alepa (Assembleia Legislativa do Pará) no próximo ano. Em sites e blog aliados, o ensaio da candidatura da primeira-dama já foi lançado. Ela também participa ativamente de quase todos os eventos políticos do governo municipal.


Esposa na folha


Para dar musculatura ao nome de Celsa, o prefeito investe pesado na contratações de assessores (ou seus familiares) ligados à lideranças políticas no município.

LEIA AINDA: Candidatura da esposa de Nélio Aguiar à Alepa causa mal-estar na base aliada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *