Salário de assessor top do prefeito Nélio Aguiar cai 20% após reportagem do BJ
Tadeu Cunha e Nélio Aguiar: recuo no salário após reportagem no BJ. Foto montagem: BJ

Caiu 20% o salário de Tadeu Elmano da Cunha Pereira (DEM), 50 anos, que até o mês passado ocupava o topo do ranking entre os mais bem pagos assessores especiais do prefeito Nélio Aguiar (DEM), de Santarém (PA).

A queda de R$ 7,5 mil para R$ 6,0 mil – em apenas 1 mês, de abril para maio – aconteceu após reportagem veiculada pelo BJ (Blog do Jeso). O novo salário do ex-vereador do DEM (2017-2020), derrotado à reeleição no ano passado, consta no Portal da Transparência da Prefeitura de Santarém.

 

Tadeu Cunha está vinculado ao Gabinete do Prefeito, junto com cerca de outros 90 que estão ali lotados. Com 20% a menos, o salário de Cunha volta ao patamar de março e fevereiro. Ainda assim é 11% maior do que quando entrou na folha de pagamento do segundo governo Nélio Aguiar, em janeiro deste ano, após perder o cargo de vereador.

Em janeiro, o ex-parlamentar embolsava R$ 5,4 mil. Já no mês seguinte pulou para R$ 6 mil. Em abril, alcançou elevados R$ 7,5 mil – quase o salário de um coordenador municipal (um degrau abaixo do cargo de secretário), fixado em R$ 8 mil.

No ano passado, Tadeu Cunha tentou a reeleição. Não conseguiu, embora tenha batido na trave com seus 1.806 votos. Ficou na primeira suplência. Chegou a ser cogitado para o primeiro escalão do novo mandato de Nélio Aguiar. Foi, porém, atropelado pelos arranjos políticos.

Salário de abril e maio


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *