Nélio abriga mais de 100 assessores em seu gabinete; gastos chegam a R$ 260 mil mês
Nélio Aguiar, prefeito de Santarém: batalhão lotado em seu gabinete. Foto: Agência Santarém

Mais de 100 assessores estão lotados do Gabinete do Prefeito (GP) reeleito Nélio Aguiar (DEM), de Santarém (PA). Esse batalhão de servidores consome todos os meses, dos cofres públicos, R$ 260 mil.

Os dados foram levantados pelo BJ (Blog do Jeso) junto ao Portal da Transparência da Prefeitura de Santarém, no mês de abril. Ao todo, são 110 servidores abrigados na repartição, com salários entre R$ 26,7 mil, pago ao prefeito, e R$ 1 mil.

— LEIA também: Salário de assessor top do prefeito Nélio Aguiar cai 20% após reportagem do BJ.

 

O custo salaria do Gabinete do Prefeito é superior, por exemplo, ao que o município gasta com o pagamento do salário de todos os 15 secretários municipais. Eles recebem cada um R$ 9,9 mil. No total, a despesa com o primeiro escalão do governo Nélio Aguiar chega a R$ 148,5 mil.

A maior parte dos servidores lotados no GP é “assessor(a) comunitário” e “assessor(a) de políticas públicas”, que fazem parte da base da pirâmide salarial.

No topo, está a elite que recebe os melhores salários, acima de R$ 3 mil. Eles (e elas) ocupam a função de “assessoria especial I e II”. É o caso de Tadeu Elmano Cunha Pereira, ex-vereador e primeiro suplente do DEM, cujo salário em abril era de R$ 7,5 mil e em maio caiu para R$ 6 mil, conforme revelado pelo BJ.

Procurada, a assessoria da Prefeitura de Santarém não se manifestou até a publicação desta reportagem. Que será atualizada assim que o contraponto chegar à redação do BJ.

Segundo um cientista político ouvido pelo BJ, a batalhão de assessores lotados no GP é parte de uma estratégia política de Nélio Aguiar para eleger a sua esposa e secretária municipal Celsa Brito (Trabalho e Assistência Social) à deputada estadual na eleição do próximo ano.

“A máquina municipal já está sendo azeitada neste sentido”, explicou. “Às claras e só não enxerga quem não quer”.

Raio X do Gabinete

⋙ Onde fica: Palácio Jarbas Passarinho, na avenida Anysio Chaves.

Lotados: 110 servidores (abril).

Maior salário: Nélio Aguiar, R$ 26,7 mil (abril).

Menor salário: Paulo Augusto Mota da Costa, R$ 1 mil (abril).

Custo mensal com salários: R$ 262.818,58 (abril).

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

5 Comentários em: Nélio abriga mais de 100 assessores em seu gabinete; gastos chegam a R$ 260 mil mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Paulo disse:

    É médico, ex militar, estudou uma vida pra chegar a ser político e fazer isso aí? Essas coisas que não entendo! E ainda esses senhores (politiqueiros) ainda dizem que estão pra “mudar” a situação? Tudo farinha do mesmo saco.

  • Isonils amilcar disse:

    Prefeitura de Santarém não tem o mínimo de quadro de técnicos para planejar e executar plano de desenvolvimento para nosso município. As secretarias não remuneram bem seus servidores. Daí nenhum profissional com mínimo de qualificação quer trabalhar nessa prefeitura. Sabem que esses assessores recebem salários elevados. E produzem o que????

  • Manuel disse:

    Será que consta o nome de um blogueiro que todos os dias divulga alguma asneira relativa ao Prefeito ou a esposa dele?

    1. Jose roberto dos Santos disse:

      1 milhão em 4 meses só em assessores é asneira?

  • Jose roberto dos Santos disse:

    Absurdo, pra quem dizia na campanha que o PT quebrou o Brasil, votei nesse senhor pra tirar o inútil do Alexandre Von, mas pelo visto não adiantou de nada. A partir da sua reeleição não se vê uma obra em Santarém, infelizmente.