Nove unidades de Saúde em Santarém aplicaram vacina vencida contra covid, revela jornal
Nélio Aguiar acompanha a vacinação de uma profissional de Saúde em Santarém. Foto: Agência Santarém/Arquivo

Nove unidades de Saúde em Santarém (PA) aplicaram vacina vencida, do tipo AstraZeneca, segundo revelou nesta sexta-feira (2) o jornal Folha de S. Paulo (FSP). As doses vencidas comprometem a proteção contra a covid-19.

Ao todo, ainda conforme a FSP, 40 pessoas na cidade tomaram o imunizante com prazo de validade expirado. A unidade de Saúde que mais aplicou doses vencidas foi o centro de saúde do bairro do Santíssimo (13 doses), seguido pelo unidade de saúde da família do Maracanã.

— LEIA AINDA: Depois de fracassar com OSs, Nélio diz que precisa de dinheiro para tirar Saúde do caos.

 

No total, ao menos 26 mil doses vencidas de AstraZeneca foram aplicadas em diversos postos de saúde do país. Os dados constam de registros oficiais do Ministério da Saúde.

A cidade campeã no uso de vacinas vencidas é Maringá (PR). O município paranaense vacinou 3.536 pessoas com o produto da AstraZeneca fora da validade (primeira dose em todos os casos). Depois aparecem Belém (PA), com 2.673, São Paulo (SP), com 996, Nilópolis (RJ), com 852, e Salvador (BA), com 824. As demais cidades aplicaram menos de 700 vacinas vencidas, sendo que a maioria não passou de dez doses.


Unidades e vacinas vencidas em Santarém


A maioria (70%) das doses aplicadas depois da validade é de um mesmo lote do Instituto Serum, identificado como “4120Z005”. O bloco venceu em 14 de abril, mas continuou sendo aplicado depois dessa data pelo país.

Paraná e Pará — que receberam os imunizantes desse lote em 24 de janeiro, logo depois de o primeiro lote de AstraZeneca da Índia ter chegado ao Brasil — têm a maior quantidade de registros de doses após o vencimento.

Até agora o governo Nélio Aguiar não se manifestou oficialmente sobre o caso. No site da prefeitura não há nenhuma informação de como a pessoa que tomou a vacina vencida deve proceder.

Na reportagem, a FSP orienta que lote de vacina aplicado pode ser conferido na carteira individual de vacinação.

“Quem tiver recebido uma dose de um desses oito lotes de AstraZeneca após a data de validade (veja gráfico abaixo) deve procurar uma unidade de saúde para orientações e acompanhamento”, diz o jornal.

Neste link, leia a íntegra da reportagem.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Nove unidades de Saúde em Santarém aplicaram vacina vencida contra covid, revela jornal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Anderson Sousa disse:

    Profissional de vasta experiência e credibilidade a um bom tempo, postando fake news?, chega a ser vergonhoso , pensa um pouquinho comigo?, se a vacina astrazeneca, em um frasco tem 10 doses, como somente um paciente tomou uma dose vencida? eu não entendo, quem tem o mínimo de entendimento e noção lógica, sabe que esses dados são desastrosos. A troco de que? qual a necessidade deste tipo de postagem, criar mais temor a população que toma a vacina? Qual o intuito, Será informar? Eu ainda acredito em uma impressa informativa, mas vendo postagens desse tipo eu desisto. E pra terminar ? já tomou tua vacina? espero que vc não seja o que tomou a vencida, segundo essa teoria.

  • Pedro disse:

    De Qu é a responsabilidade?