OS que geriu HMS e UPA 24h cobra dívida de R$ 10 milhões da Prefeitura de Santarém
O IPG geriu o HMS e a UPA 24h, duas unidades de saúde em Santarém. Foto: Arquivo Blog do Jeso

O IPG (Instituto Panamericano de Gestão), a OS (Organização Social) que geriu o HMS (Hospital Municipal de Santarém) e a UPA 24h por pouco mais de 2 anos, protocolou processo Justiça no qual cobra dívida de mais de R$ 10 milhões da Prefeitura de Santarém (PA).

A ação monitória (cobrança de dívida) foi ajuizada no domingo (22), e tramita na 6ª Vara Cível e Empresarial de Santarém, que tem à frente o juiz Claytoney Ferreira.

 

O magistrado ainda não se manifestou sobre o caso.

O IPG cobra exatos R$ 9.974.796,00, referente a repasses contratuais que não teria sido feitos pelo município nos meses de julho e agosto deste ano, conforme o demonstrativo abaixo obtidos pelo Blog do Jeso nos autos do processo.

A dívida atualizada, segundo IPG, ultrapassa R$ 10 milhões (R$ 10.333.590,14).

“A situação provocada pelo Município de Santarém gerou grandes reflexos negativos, ocasionando atraso nos salários de funcionários e não pagamentos de fornecedores e prestadores de serviços, culminado em diversas ações judiciais de cobrança, monitória e executiva em face do autor [IPG]”, explicou a OS na ação de 10 laudas, assinada pelos advogados Gustavo Amorim e Cristiano Fonseca.

“De antemão, não tem interesse o Autor [da ação, o IPG] na audiência de conciliação visto que todas as tratativas amigáveis restaram-se infrutíferas”.

 

Por decisão judicial, o Instituto Panamericano de Gestão teve que deixar a direção do HMS e UPA 24h. Em seu lugar, assumiu o controle das duas unidades a OS Instituto Mais Saúde, de São Paulo, que ganhou a chamada pública para o serviço em agosto deste ano.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: OS que geriu HMS e UPA 24h cobra dívida de R$ 10 milhões da Prefeitura de Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • laina correa disse:

    um pado de ladrão, que só veio para acaba com a saúde dos santarenos, e a gora prefeito foi o senhor que troce, junto com o Edson, eu estava la na camará, quando vocês falaram mil maravilha dessa tal IPG, e agora prefeito resolva essa situação. nossa saudê esta na uti,

  • Anônimo disse:

    Tem dedo de petista por detrás disso. E o destaque k os anteriores deram??? Estão loucos da vida para colocar essa incompetente k enriqueceu o café Amazônia que estava falido. E ninguém faz comentário algum sobre isso.

  • Manuel disse:

    Nélio fez mais, Nélio faz mais…… Com dez milhões de reais esse incompetente prefeito com a Veterinária, secretária de “saúde”, teriam construído e equipado uma UPA na grande área do Santarenzinho por exemplo, o que desafogaria o PSM, mas quem não te conhece que te compre (vote) em ti prefeito.