Publicado em por em Saúde

A prisão de Itamar Soares de Carvalho Júnior é temporária (5 dias)

PF prende médico que dirigiu a IPG, contratada por Nélio para gerir o HMS e UPA
Itamar Júnior e Nélio Aguiar, ambos médicos e parceiros em negócios. Montagem: BJ

Na operação deflagrada pela PF (Polícia Federal) nesta quarta-feira (18), entre os mais de 50 presos presos está o médico Itamar Soares de Carvalho Júnior, que dirigiu a OS (Organização Social) IPG (Instituto Panamericano de Gestão). A empresa foi que assumiu a gestão das duas maiores unidades de Saúde de Santarém (PA),ainda no primeiro mandato do prefeito reeleito Nélio Aguiar (DEM) – 2017-2020.

Por ordem judicial, devido a irregularidades na sua contratação e a contragosto do prefeito, a IPG foi afastada do comando da prestação do serviço, pelo qual recebia, por mês, cerca de R$ 5 milhões – durante quase 2 anos.

Batizada de Reditus, a operação teve como objetivo combater o desvio de recursos públicos na área da Saúde por meio da contratação de organizações sociais para gestão de hospitais públicos no Pará. A PF cumpriu mais de 60 mandatos de prisão expedidos pela Justiça nos estados de São Paulo, Goiás, Ceará, Amazonas, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso e Pará.

Ontem (18), a IPG foi declarada oficialmente empresa inidônea (ficha-suja) por Nélio Aguiar. E, em consequência, está impedida de participar de licitações pelo prazo de 2 anos.

A prisão de Itamar Júnior é temporária (5 dias).

Também foi determinado bloqueio das contas bancárias da Golden Vida Serviços Médicos Ltda, de propriedade do médico formado na Universidade de Nova Iguaçu (RJ). A empresa fechou negócios em Santarém. O bloqueio bancário foi de R$ 6 milhões, por decisão do juiz federal Antônio Carlos Almeida Campelo, da 4ª Vara Federal de Belém.

“Apurou-se que esta empresa possui transações financeiras contendo indícios da prática dos crimes ora investigados, conforme apontado no tópico XX desta representação”, ressaltou o magistrado em sua decisão, com 53 páginas. Os crimes investigados são: peculato, lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores, crimes da lei de licitações, promoção, constituição, financiamento ou integração de organização criminosa.


Publicado por:

7 Comentários em PF prende médico que dirigiu a IPG, contratada por Nélio para gerir o HMS e UPA

  • Jeso

    Tem um enigma a ser revelado que é saber porque os gestores da pasta de saúde de Santarém (semsa) pulam do barco poucos meses após assumirem a pasta. O que os assusta jeso??
    O Dr Edson Ferreira filho, dayane, marcela Tolentino, li aqui no seu blog que Vânia queria sair.
    Tem alguma coisa oculta dentro da semsa que faz esses gestores correrem querendo entregar a pasta.
    O que será???

  • há te4mpos que havia essas denuncias., só agora na prática foi comprovada, só que a lei deveria punir de fato e de direito. Fazem estardalhaço todo e depõe soltam, isso ocorre porque há conivência de políticos da região, por isso que com tanto dinheiro tem secretaria de saúde que não tem o mínimo do mínimo nos hospitais e postos de saúde…

    1. Espero um pronunciamento, pelo menos dos vereadores Biga Kalahare, Carlos Martins e JK. Dos demais espero apenas que se esguelem defendendo esse governo corrupto

  • QUANTA VERGONHA ,CADE OS FISCAis do POVO DA CIDADE PRA UM pronunciamento a MAIORIA for favor DE terceirizar .A saude DA CIDADE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *