Veja 7 cuidados que se deve ter para prevenir a covid-19 em crianças
Veja que cuidados deve se ter para evitar a contaminação de crianças pela covid-19. Foto: Reprodução

Os dados sobre o aumento de casos de covid-19 entre crianças têm despertado um sinal de alerta entre os pais e cuidadores. Se no início da pandemia os pequenos não faziam parte do grupo de risco, o quadro apresentou mudanças em todo o mundo. 

Mas como ajudar a reduzir o risco de contaminação pelo coronavírus entre os pequenos? Reunimos abaixo 7 dicas de cuidados para prevenir a covid-19 em crianças, veja abaixo.

 

1) Mãos sempre limpas

As crianças, principalmente as menores, tendem a levar frequentemente as mãos às mucosas (boca, olhos e nariz). As pequenas mãos também tocam mais o chão, os animais, objetos e superfícies diversas. 

Em casa, mantenha as mãos das crianças sempre higienizadas com água e sabão antisséptico. Prefira marcas que sejam apropriadas para a delicada pele infantil. 

2) Superfícies sempre limpas

Como citado acima, as crianças sempre levam as mãos principalmente à boca. Portanto, todas as superfícies devem permanecer limpas e desinfetadas, reduzindo o risco de contaminação. 

3) Cuidado com a sola dos calçados

Ao chegar da rua, higienize cuidadosamente a sola dos calçados, passando na superfície do solado um pano com água sanitária, e deixando secar ao ar livre. Não entre de sapato em casa, pois há o risco da criança tocar o chão contaminado pelo calçado. 

— LEIA também: CPI da Covid: senador do AM descarta negociata para aliviar barra do governo

4) Máscara é essencial

Crianças com mais de dois anos de idade podem e devem utilizar máscaras de proteção. A máscara cirúrgica infantil é indicada para as crianças menores, enquanto as PFF2 devem ser utilizadas apenas em crianças maiores e adolescentes. Não utilize máscaras em menores de dois anos pois há risco de asfixia. 

5) Higienize os brinquedos

Mantenha os brinquedos sempre higienizados e desinfetados. O uso de sprays bactericidas é primordial. “O spray bactericida ajuda a manter os bichinhos de pelúcia e outras superfícies que não podem ser lavadas o tempo todo – diferentemente dos objetos de plástico, por exemplo – livres de microorganismos prejudiciais”, explica a CEO da Aya Tech e engenheira química, Fernanda Checchinato.

6) Evite locais públicos

O distanciamento social é uma das mais importantes medidas de prevenção contra o coronavírus e serve para todas as idades. Evite levar as crianças a shoppings, comércios populares, restaurantes, festas, comemorações, e outros locais que possam ter aglomeração de pessoas. Se for inevitável, mantenha a criança de máscara (se ela tiver mais de dois anos) e higienize constantemente as mãos do pequeno ou pequena. 

7) Evite contato com quem tem o coronavírus

A última mas não menos importante recomendação da lista é: evite colocar a criança em contato com quem testou positivo ou tem sintomas da covid-19. Se alguém testar positivo na mesma casa em que a criança reside, mantenha o isolamento da pessoa infectada e não deixe a criança ter contato com a pessoa ou com o cômodo em que a pessoa está. 

Se a criança apresentar sintomas, leve ao hospital para que seja realizada a testagem. Não forneça nenhuma medicação por conta própria, pois isso pode agravar o quadro. 


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *