Servidor é executado na frente de familiares em assalto próximo a Alter do Chão
Carlinhos, da Funasa, vítima de latrocínio. Foto: RD Notícias

Servidor público federal, Carlos Pimenta de Jesus foi assassinado na noite desta terça-feira (25) em Santarém, oeste do Pará, vítima de latrocínio – roubo seguido de morte. O crime aconteceu na comunidade Areia Branca, próxima ao distrito de Alter do Chão.

Carlinhos, como era mais conhecido, é profissional federal da área da Saúde e vinculado à Funasa (Fundação Nacional de Saúde), lotado no Ambulatório Municipal de Santarém, na travessa 15 de Agosto.

 

Estava afastado do trabalho por conta da pandemia do novo coronavírus por ser de grupo de risco.

Conforme a polícia, bandidos teriam entrado em sua residência para realizar um assalto. Após o anúncio da ação, teriam dispararam no rosto do servidor público, sem chance de defesa e na presença de seus familiares.

Uma equipe do Samu 192 foi acionada, porém, ao chegar ao local, Carlinhos já estava sem vida. O IML já esteve no local do crime e fez a remoção do corpo da vítima.

A polícia, que investiga o crime, caça os envolvidos no crime.

Com informações do RD Notícias

LEIA também: Padre teve caso amoroso com hacker e pagou R$ 2,9 milhões da igreja após extorsão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *