Família de secretário  acumula cargos e embolsa R$ 20 mil por mês em Faro
Edivan Siqueira (à dir), ao lado da prefeita e esposo: governo familiar. Foto: Facebook

A família do secretário de Educação de Faro, Edivan Siqueira, vem acumulando cargos em diversas pastas no município do oeste do Pará, na fronteira com o Amazonas. A cidade é uma das mais pobres do estado.

É o que aponta um levantamento feito pelo Blog do Jeso, com base em informações divulgadas através do Portal da Transparência de Faro.

 

Além do secretário, que é efetivo e tem salário (bruto) de mais de R$ 4 mil, tem ainda 4 filhos, esposa e dois sobrinhos na folha de pagamento da prefeitura, comandada por Jade Abreu (MDB). A família embolsa todos meses, só com salários, quase R$ 20 mil.

Nomeado para o cargo de secretário em 2017, Edivan possui vínculo com a Semed desde 1998. É na relação dos servidores da Secretaria de Educação que consta o nome de sua esposa, Maria Luzia Brito de Carvalho, contratada em março de 2019, para atuar no ensino fundamental com salário de quase R$ 2 mil.

Também está lotada na Semed Kimberlly da Silva Costa, sobrinha do secretário e ex-secretária de Assistência Social. Ganha R$ 2 mil.

Casal de filhos da família

A Semma (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) abriga 2 filhos e mais um sobrinho de Edivan. Yuryanne Carvalho Pinto e Jarlan Carvalho Pinto, os que são bióloga e geólogo, respectivamente, ganham R$ 2 mil, cada. São os filhos.

Kerlerson Carvalho Ramos, o sobrinho, é engenheiro florestal contratado desde 2018 e também ganha R$ 2 mil. Os primos ocupam as únicas vagas disponíveis para essas profissões no município.



Outras duas filhas do titular da Semed trabalham na Semsa (Secretaria Municipal de Saúde). São elas: Mayume (fisioterapeuta) e Yumme Danna (enfermeira), ambas contratadas no início deste ano.

Contraponto

Procurada, a assessoria da Prefeitura de Faro não se manifestou até o fechamento e publicação desta reportagem. O espaço continua aberto para o contraponto.

LEIA também: Desembargador de SP que destratou guarda acumula abusos de autoridade

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

7 Comentários em: Família de secretário acumula cargos e embolsa R$ 20 mil por mês em Faro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Alzimar disse:

    Cara vai procurar o que fazer, vai estudar, deixa a vida dos outros, fica na tua meu camarada

  • Uracua disse:

    Rapaz, desnecessário isso

  • Dr. Luiz disse:

    Deveria procurar o que fazer, eu sou um nobre morador dessa cidade e conheço o trabalho de todos esses profissionais, meu amigo JESO CARNEIRO, use seu blog para coisas boas, não para difamar e expor a famila, se estão ocupando cargo é porque estudaram, meu amigo pare de falar coisas desnecessárias nesse seu “bloguinho” Esse rapaz chamado de Kerleson Carvalho Ramos é um Engenhiro Ambiental excelente proficional onde eu vejo que tem força de vontade para trabalhar nesse município, que nem informações certas você tem. Se esses filhos e sobrinhos do atual secretário de Educação estão trabalhando é porque estudaram, acredito que você não tem essas formações acadêmicas, por isso ocupa seu tempo postando baboseiras nesse seu bloguinho.
    #BORATRABALHAR

    1. Jeso Carneiro disse:

      Inexplicável a tua insatisfação e revolta gratuita. Você refuta os dados da matéria? Os parentes do secretário estão ou não empregados na Prefeitura de Faro? Não há difamação alguma: há constatação. Não há exposição alguma. Há um fato. Irrefutável: uma boa parte da família do secretário de Educação faz parte da folha de pagamento da PMF. Ponto. Todos os dados da reportagem, lembre-se, são públicos e disponibilizados em outro site, o da Prefeitura de Faro/Portal da Transparência. Por que não te indignas contra esse site, por que não miras a tua ira contra a prefeita Jade Abreu, contra as leis do país que possibilitam que qualquer pessoa tenha acesso a esse tipo de informação que “expõe” família de um cidadão que ocupa cargos do governo “porque estudaram”? Que crime, né!? Que país é este.

      1. Faro disse:

        Jeso, concordo contigo, estas cobertos de razão, a insatisfação desde senhor que respondeu ai, pelo fato dele ser sobrinho do secretario e irmão do rapaz, e que eu saiba ele não tem nenhum titulo na vida acadêmica é apenas um estudante do curso de direito que acho que esta no 1º ano ainda. a verdade doi. o fato é que em Faro tem outros jovens que sao profissonais mais so uma familia é beneficiada.

  • Manuel disse:

    Só faltam o cachorro, o gato, o papagaio e o periquito.

  • Rony Faro disse:

    Por iso briga tanto per prefeita, Agora da pra entender esse salafrário, e um cara puxa saco, top essa postagem.