Aliados da prefeita de Juruti começam a pular do barco.
West Lima: um dos principais aliados da prefeita Lucídia Batista, de Juruti: críticas duras em rede social nesta quinta-feira (22). Foto: Arquivo BJ

Um dos principais aliados da prefeita de Juruti (PA) postou em sua página no Facebook nesta quinta-feira (22) um texto com duras críticas à gestão de Lucídia Batista. West Lima, ex-vice-prefeito (2017-2020), apoiador de primeira hora e filiado ao MDB, prognosticou: “A cidade vai entrar em caos”.

Os problemas enumerados pelo empresário no governo atual vão além de graves questões administrativas, como a realização de processos licitatórios com suspeita de fraudes. Ele também denunciou interferências abusivas dos filhos de Lucídia Batista na gestão da mãe.

 

Segundo ele, “uma família arrogante” está “dentro da prefeitura” e age como se fosse os “donos”. “Dando ordem sem serem nomeados a nada”, escreveu.

“Se tem lâmpadas nos postes [da cidade] foi o Henrique [Costa, ex-prefeito] que deixou cheio o almoxarifado. Se tem bombas [d’água] novas também”.

E completou afirmando que a prefeita Lucídia Batista & família nada fizeram: “Eu provo”. West Lima e Henrique Costa são adversários políticos.

O ex-vice-prefeito também fez críticas à Câmara de Vereadores, sindicatos, que até agora estão calados, como se fossem cúmplices da situação em que se encontra hoje Juruti.

“O único que se mexeu foi o MP”, disse, referindo-se à recomendação feita pelo Ministério Público do Pará à prefeita, para que anulasse licitações homologadas sem respaldo legal, conforme o Blog do Jeso noticiou nesta matéria: Advogado com passagem meteórica em Juruti provoca ‘poeira’ de especulações.

No final, West Lima postou a relação dos vencedores da licitação (pregão eletrônico) realizada na terça-feira (20) para aquisição de combustível e gás de cozinha. O certame, conforme o blog revelou ontem, reúne indícios de fraude.

“Quero ver se [a Prefeitura de Juruti] tem peito pra homologar [essa licitação]. Dizem que estou errado né?! Me chamem no fórum que mostro e provo”, concluiu.

Vencedores da licitação de Juruti – Gás e Combustível by Blog do Jeso on Scribd


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

5 Comentários em: Aliados da prefeita de Juruti começam a pular do barco. “A cidade vai entrar em caos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Carlos Albeto disse:

    O POVO DE JURUTI TEM SAUDADES DA GESTÃO DO PREFEITO MARQUINHO DOLZANE, ESTE SIM, TRABALHOU PELA CIDADE E PELO POVO.

  • Lopes disse:

    Esse cidadão é dono de posto e com certeza quer forçar a prefeitura a comprar os produtos dele, para tirar o que ele diz ter investido na campanha.

    Esse cara é uma piada, de mal gosto logicamente. Sempre quer se dá bem e tirar proveito de tudo e quando é contrariado roda a baiana.

    Era aliado do finado Isaías, deu a rasteira e correu para o lado do Henrique, depois de mamar o que pode brigou com o cara e passou a ataca-lo, correndo de volta para os braços do finado Isaías e de sua esposa Lúcida, agora se volta contra ela.

    1. Jeso Carneiro disse:

      Lopes, acho que vc está profundamente equivocado – ou com má fé mesmo -, West não “mamou” nada na gestão do ex-prefeito Henrique Costa. Ao contrário, entrou em rota de colisão com o petista. E apoiou, sim, explicitamente, a eleição da prefeita Lucídia Batista. Sua narrativa, portanto, não bate com a realidade dos fatos.

      1. Juscelino disse:

        Essa é muito velha, mas torna-se jovem, eu diria até extremamente atual, diante do cenário político que se vê no país e em Juriti: “Todo povo tem o governante que merece”.

  • Manuel disse:

    Tem um ditado que diz “tudo que começa errado, termina errado”. A eleição dessa senhora começou com um erro referendado pela justiça.