Empresa investigada pelo MP fechou negócio de mais de R$ 2 milhões com Mojuí

Publicado em por em Justiça, Mojuí dos Campos

Empresa investigada pelo MP fechou negócio de R$ 2 milhões com prefeito de Mojuí
Marco Antônio Lima, prefeito de Mojuí dos Campos: gestão sob investigação do MP. Foto: Reprodução

A empresa das iniciais T.C.N., alvo de investigação sigilosa pelo MP (Ministério Público) do Pará, fechou negócios de mais de R$ 2 milhões com a gestão do prefeito Marco Antônio Lima (MDB), de Mojuí dos Campos (PA). A abertura do inquérito sobre o caso, pelo promotor Diego Belchior Santana, foi revelado nesta terça (26) pelo JC.

O portal apurou que T.C.N. são as iniciais de Taís C. de Noronha, uma microempresa aberta em junho de 2019 e que atua no ramo de aluguel de máquinas e equipamentos. O seu nome de fantasia é TJ Máquinas & Equipamentos.

Conforme consulta junto ao site da Receita Federal, a empresa pertence à Taís Carneiro de Noronha, que reside na Colônia Garrafão, em Mojuí dos Campos.

Ela e o prefeito Marco Antônio Lima fecharam 2 contratos de prestação de serviço (aluguel de máquinas e equipamentos). Ambos em 2021 e através da Semga (Secretaria Municipal de Gestão Administrativa), cujo titular é Helcias Coelho Lima Filho, o Didi, também alvo de investigação pelo MP.

O contrato de nº 023/2021 – Semga – é de maio (dia 10) do ano passado. Tem o valor de R$ 1.531.590,00 e validade de 12 meses, “podendo ser prorrogado mediante termo aditivo”. Negócio fechado pelo aluguel de 5 máquinas da TCN à prefeitura, entre as quais, motoniveladora, trator de esteira e caçamba.

O segundo contrato (nº 027/2021 – Semga) foi assinado também em maio de 2021, no dia 19. O valor global é de R$ 579.820,00, com vigência de 12 meses, “podendo ser prorrogado mediante termo aditivo”. Nele estão incluídos o aluguel de 3 equipamentos.

O inquérito aberto pelo MP visa “apurar a hipotética prática de ato de improbidade administrativa de enriquecimento ilícito e lesão ao patrimônio público de Mojuí dos Campos”.

Procurada, a Prefeitura de Mojuí não se manifestou sobre o caso até a publicação desta matéria. A empresária Taís Carneiro Noronha não foi localizada. O espaço está aberto para o contraponto.

Máquinas e equipamentos alugados no contrato 027/2021:

Empresa investigada pelo MP fechou negócio de R$ 2 milhões com prefeito de Mojuí

Máquinas e equipamentos alugados no contrato 027/2021:

Empresa investigada pelo MP fechou negócio de R$ 2 milhões com prefeito de Mojuí


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.