Promotor também investiga nepotismo de namorados em Mojuí dos Campos
Diego Belchior Santana, promotor de Justiça à frente do caso

À frente das investigações sobre prática disseminada de nepotismo em Mojuí dos Campos (PA), o promotor de Justiça Diego Belchior Santana mira não só casos consanguíneos de até terceiro grau, como também de namorados.

Para Diego Santana, o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) firmou posicionamento de que o “simples namora entre a autoridade e a pessoa indicada também vulnera os princípios constitucionais da impessoalidade, eficiência e igualdade, não sendo juridicamente válidos, portanto, os atos administrativos que acolhem tal situação”.

— LEIA também: Vereadora abriga namorado e genro em seu gabinete na Câmara de Santarém

 

Tal posicionamento foi firmando a propósito do Pedido de Providências nº 323, julgado em agosto de 2006 pelo plenário do CNJ.

No ofício expedido à Prefeitura de Mojuí dos Campos na quarta (12), o promotor pediu informações ao “prefeito, vice-prefeita e secretários” se eles possuem parentes sanguíneos ou por afinidade, até o 3º grau, bem como namorados, no exercício de cargo em comissão ou temporários na administração pública municipal”.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

11 Comentários em: Promotor também investiga nepotismo de namorados em Mojuí dos Campos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Elyzabety Mesquita disse:

    Quem não teme a Lei é tido como fora da Lei ne? É isso que são todos que praticam o nepotismo, como querem ser os bacanas diante da população se estão fazendo as coisas erradas? Os prefeitos também deveriam responder por aceitar essa sacanagem de alguns parlamentares, que não são todos, pois muitos estão em conformidade com a Lei, deixando familiares de fora desse ato

  • Lilete Castelo Branco disse:

    Gostaria de perguntar ao Promotor, já que a vereadora admite a contratação
    dos namorados dela e da filha em seu gabinete, o namorado da filha é genro
    e genro pode ser contratado, segundo a lei?

  • Verdade Suprema disse:

    A lei e muito vaga, isso demora que todos vão ter que namora escondidos.

    Me desculpe o promotor, mais o princípio da ética um cidadão normal subtende que um trabalho e área de trabalho, e não pode namora no trabalho.

    O princípio da imparcialidade existe na profissão.

    Em minha visão se o promotor se envolver com uma amiga de profissão?
    .
    Ele vai namora escondido por conta da lei ou ele vai reconhecer e oficializar o seu namoro e pedindo em seguida a sua exoneração ou pedir a exoneração de sua namorada?

    Abre se pretexto para avaliação de cada situação, se não o mérito da causa não seria imparcial.

    1. Malaquias disse:

      se for uma pessoa justa e ética, namora que ninguém proibe a relação, assume e exonera a “tal” namorada dando bom exemplo a todos que praticam esse ato que ao ver de todos é algo errado e que deve sim ser investigado, se essa onda pega os gabinetes logo estarão cheios de casos amorosos, sejam namorados ou maridos, até porque namorado não deve dormir na casa da pessoa, assim ja configura companheiro, ta errado essa onda de namorada ser lotada no gabinete sim

  • Carlos justiceiro disse:

    Cunhada de secretário, pode ser nomeada diretora de escola?

    1. Roberto disse:

      deve ser proibido colocar nos gabinetes todos ligados diretamente ao vereador, isso inclue namorido, cunhado, marido, primo, pior que o prefeito aceita isso? pois promotor faça sua parte e coloque ordem na casa que a coisa ta bagunçada,

      1. Verdade Suprema disse:

        Vamos lá, aos julgamentos.
        Hj é meu julgamento em uma supervisão, eu digo que agora é ex namorado?

        O que existe agora o que existe é apenas o respeito entre um.ex relacionamento?

        Nesse exato momento acabou o julgamento.

        O promotor estará apenas com uma acusação formal que não segura mais nepotismo. Por isso reforço que ainda abre brecha da imparcialidade da causa.

        Jeso, me desculpe o comentário, mais essas acusações em relação a nepotismo baseado na súmula 13.

        E muito vago… Pra mim nepotismo pode ser baseado em sangue.

        Pois em grau de afinidade?

        Posso garantir que é uma furada, pois todos no sistema formado a qual temos podem se apaixonar é também namora, como tambem sofrer decepção.

        Relacionamentos vão e vêm.

  • Paulo junior disse:

    Tua implicância com atual prefeito e pq ele não esta de dando aquela verbinha do cala a boca

    1. Jeso Carneiro disse:

      Tb não deve estar dando “verbinha” ao MP e ao promotor de Justiça do caso. Só pode. Que mediocridade!

      1. Carlos justiceiro disse:

        Cunhada se secretário pode ser nomeada diretora de escola?

      2. justiceiro disse:

        Jeso o pior cego é aquele que não quer ver, alguns estão acostumados a trabalhar enganando o povo, vc só mostra a verdade dos fatos uma pena alguns defenderem o que ta errado atacando o outro. O Promotor ta certissimo em apurar e que ao final possam coibir esse tipo de trapaça