É promessa de campanha, diz MPE sobre blogueiro que promete doar salário se for eleito
JK, candidato a vereador, ao lado do candidato a prefeito do PSDB, Ney Santana. Foto: Divulgação/PSDB

O Ministério Público Eleitoral (MPE) não entendeu como crime eleitoral (propaganda irregular) e sim mera “promessa de campanha” o vídeo feito por um blogueiro em Santarém (PA) que prometeu doar todo o seu salário de vereador caso seja eleito para o cargo na eleição deste ano.

Juscelino Kubitschek Campos, o JK, disputa vaga à Câmara de Vereadores pelo PSDB.

 

“Entendemos que a situação não caracteriza propaganda eleitoral irregular, mas sim promessa de campanha, afastando-se neste contexto também a hipótese de captação ilícita de sufrágio”, relatou Túlio Novaes, promotor de justiça eleitoral, da 20ª ZE (Zona Eleitoral).

Novaes determinou o arquivamento da denúncia contra o tucano feita no MPE. A defesa de JK foi feita pelo advogado Emerson Almeida.

Assista ao vídeo que provocou a denúncia.

LEIA também: Candidatos com apoio de Bolsonaro em Santarém não decolaram, aponta pesquisa

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: ‘É promessa de campanha’, diz MPE sobre blogueiro que promete doar salário se for eleito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Manuel disse:

    Se ele não registrou a tal Promessa de campanha em algum cartório, indicando os futuros beneficiados, então já começou muito mal, está MENTINDO.