Mansão à beira da praia foi que provocou racha entre herdeiros e viúva de Geraldo Aquino

Publicado em por em Justiça, Negócios, Santarém

Mansão à beira da praia foi que provocou racha entre herdeiros e viúva de Geraldo Aquino
A mansão à beira do rio Tapajós, na praia do Maracanã, em Santarém (PA), deixada aos seus herdeiros por Geraldo Aquino. Foto: Reprodução

Uma mansão à beira do rio Tapajós, na praia do Maracanã, em Santarém (PA), foi quem detonou o racha entre herdeiros do empresário Geraldo Aquino, que faleceu há duas semanas aos 54 anos, e a mulher com quem ele, divorciado, vivia há cerca de 2 anos — Talita Machado Tavares, 21 anos.

Era nessa casa, própria, que Geraldo e Talita moravam até o dia (14/01) da morte do dono do bar Mascote e Mascotinho, supermercado Beira Rio e o do Palace Hotel, entre outros empreendimentos.

Com ameaças, na última quinta-feira (25) os herdeiros, Geraldo Aquino Filho à frente, tentaram desalojar a viúva Talita Machado do imóvel. Adentraram após arrombarem o portão da casa. Dois adultos e um menor participaram da operação.

Dentro da mansão, para surpresa da viúva, os 3 foram direto para o quarto do casal. Trancaram-se. E vasculharam todo o aposento. Quando saíram, exigiram que Talita abandonasse imediatamente o imóvel. Disseram-lhe ainda que iriam trocar todas as fechaduras para evitar que ela retornasse para a casa.

Não levaram adiante, porém, as ameaças. O filho menor de idade de Geraldo Aquino levou, contudo, o rifle e mais duas armas que pertenciam ao pai.

Medidas protetivas

Acionada, a Justiça decretou na sexta-feira (26) 5 medidas de proteção à integridade física e psicológica da viúva, entre elas a que obriga Geraldo Filho a se manter distante de Talita em no mínimo 100 metros, além estar proibido de lhe dirigir qualquer palavra, seja pessoalmente, por celular ou qualquer meio de comunicação.

O herdeiro maior de idade também está proibido de frequentar lugares habitualmente frequentados pela viúva de seu pai, como a mansão da praia do Maracanã, e o local onde ela trabalha.

Caso as medidas protetivas não sejam cumpridas, Geraldo Filho poderá ter a sua prisão preventiva decretada. Cabe recurso contra decisão do juiz Sidney Pomar, da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Santarém.

Geraldo Aquino e a viúva Talita Tavares. Foto: Reprodução

A mansão do Maracanã é um dos bens deixados por Geraldo Aquino aos seus herdeiros.

— O JC também está no Telegram. E temos ainda canal do WhatsAPP. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

5 Comentários em Mansão à beira da praia foi que provocou racha entre herdeiros e viúva de Geraldo Aquino

  • Impressionada como o povo fica a favor de uma periguete e contra os filhos. Como assim gente, onde ficaram os valores morais e familiares? O que esta acontecendo com a mente de nossa população? Os filhos são carne e sangue do falecido, herdeiros naturais, ela uma dessas que conquista um ‘velho’ rico e destrói uma família. Se ele fosse pobre ela jamais teria olhado para ele, e mais, por só 2 anos com ele ela vai tirar a que a ex-esposa ajudou a construir para os filhos?
    Deus olhe por essa família e também por essa geração qye perdeu a noção do certo e errado, justo e injusto, moral e imoral.

  • A atual companheira Tem direito real de habitação, a lei garante. Processo no lombo dos desordeiros!

  • Cabras sábado deixa a viúva em paz.
    Marmanjo deles. Querendo. Roubar. Os bem da viúva. Vocês. Não são crianças não. Vão trabalhar vagabundos

  • Eu posso imaginar a cena, os três filhos do Aquino que com certeza foram a mando da toda poderosa, a ex, invadindo a casa e ameaçando a Talita, achando que Santarém ainda é uma terra sem
    Lei.. repito, filhos de peixe, peixão são… aceitem que dói menos…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *