Publicado em por em Justiça, Santarém

O histórico Theatro Victória abriga alguns setores do MPPA em Santarém.

Ministério Público do PA exclui empresa da licitação para reforma do Theatro Victória. Foto: Lila Bemerguy
Theatro Victória, em Santarém: reforma à vista pelo Ministério Público. Foto: Lila Bemerguy/Arquivo BJ

Por decisão do número 1 do Ministério Público do Pará (MPPA),Cesar Bechara Mattar Júnior, uma empresa habilitada para os serviços de recuperação das instalações internas e telhado do Theatro Victória foi excluída do processo de licitação.

O histórico Theatro Victória abriga alguns setores do MPPA em Santarém.

CONFIRA: MP converte em inquérito denúncia sobre esquema de honorários denunciado na Câmara.

A decisão de inabilitar a Positano Arquitetura e Construções foi oficializar nesta quarta-feira (6). Motivo: o responsável técnico da empresa é servidor concursado da Alepa (Assembleia Legislativa do Pará),em caráter de exclusividade – o que contraria norma do Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) de “jornadas de trabalho” conflitantes.

Com a desclassificação da Positano, os serviços de engenharia teatro serão executados pela Actom Engenharia Ltda.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *