Candidato a vereador no Pará que mais recebeu doação partidária não foi eleito
Yan Miranda: doação de 100 mil reais do DEM para sua campanha. Foto: Agência Belém

Nascido em Castanhal e candidato a vereador em Belém pelo DEM, Yan Miranda teve pouco mais de 3,8 mil votos. Apesar de não ser eleito, ele ostenta um título na eleição deste ano: o de candidato ao cargo que recebeu a maior doação partidária em todo o Pará – R$ 100 mil, do diretório nacional do partido.

Ele divide o podium com Mauro Freitas (PSDB), 49 anos, também candidato a vereador em Belém pelo PSDB, de quem recebeu igualmente R$ 100 mil. O tucano, no entanto, foi eleito, com 6.392 votos.

 

Os mais votado para Câmara de Vereadores de Belém foi Zeca Pirão (MDB), que amealhou 10.851 votos.

Ele não recebeu nenhuma doação partidária, segundo dados aferidos pelo Blog do Jeso no site do TSE.

O terceiro maior repasse de recursos partidários no Pará a candidato a vereador foi feita pela direção nacional do Avante a Roberto Monteiro, de Belém, que recebeu R$ 90 mil. Não foi eleito. Teve apenas 484 votos.

LEIA também: Justiça Eleitoral diploma prefeito, vice e vereadores eleitos em Óbidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *