brasil/marco-feliciano-revela-que-ja-usou-cocaina-diz-que-possivel-sentir-prazer-com-sexo-anal-12116505.html" target="_blank">Extra

Marco Feliciano alerta contra os “falsos políticos evangélicos”O deputado federal e ex-presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara, Marco Feliciano [do PSC – foto], abre o verbo em entrevista à “Playboy” deste mês.

O político e pastor evangélico, que ganhou projeção nacional por causa das controversas opiniões sobre os direitos homossexuais, contou que já usou drogas como cocaína, mas reafirmou nunca ter vivenciado uma relação homossexual.

“Conheci a cocaína nos bailinhos, no fim dos 12 anos. Só a cocaína. Eu tentei a maconha, mas engasguei, nunca consegui fumar nem cigarro. Não conseguia tragar. Com a cocaína era fácil”, revelou.

Ele também afirmou que é possível sentir prazer por sexo anal.

“Com certeza, tem homens que têm tara por ânus, sim. Eu não entendo muito dessa área porque nunca fiz, graças a Deus, e espero nunca fazer, porque parece que quem faz não volta mais. (Risos). Deve ser uma coisa tão estranha…”, encerra.

Leia também:
Presa a médica que mandou cortar pênis do noivo.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: Deputado do PSC confessa que usou cocaína

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • FRANCISCO DAS CHAGAS SILVA disse:

    QUE NADA!!!

    UM OTÁRIO DESSE NUNCA FUMOU NEM TALINHO DE MAMONA… É UM POLÍTICO NATO,
    UM EMBUSTEIRO, UM MALANDRO… ADORA ESTAR NA MÍDIA.

    E DANA-SE A FALAR BESTEIRA E A IMPRENSA BURRA VAI ATRÁS E DÁ A MAIOR CORDA!!!

    CHAGUINHA

  • Samuel Lima disse:

    Caro Jeso,

    Como diria o Bobo da Corte: “O rei está nu; viva o rei”.

    Saludos,

    Samuca

  • Adriano Tapajós disse:

    Cheirou tanto pó, que ficou com louco. Pelas suas atitudes idiotas, preconceituosas e imbecis, percebemos que ele tem limitação cerebral.