Líder católico 'proscrito' da direção do Círio ganha assessoria do MDB na Câmara
Gilberto Dinelly: líder católico nomeado assessor parlamentar pelo presidente da Câmara de Santarém, Ronan Liberal Jr. (MDB). Foto: Reprodução/G1

Gilberto Sousa Dinelly virou servidor da Câmara de Vereadores de Santarém (PA). O líder católico ‘proscrito’ da coordenação do Círio e Berlinda de N. S. Conceição chegou à Casa na cota do MDB – leia-se Ronan Liberal Jr., atual nº 1 do parlamento municipal.

Com nomeação retroativa a 26 de abril, Gilberto Dinelly foi lotado no cargo de assessor parlamentar, nível CNE-03, com lotação no “Departamento Operacional”.

— LEIA AINDA: Números revelam: vereadora do namorado e genro é uma das mais atuantes da Câmara

 

Pelo cargo, vai receber todos os meses R$ 2.340,19 (bruto).

Ronan Liberal Jr. é um dos nomes do MDB de Santarém cotado para disputa eleitoral no próximo ano à Alepa (Assembleia Legislativa do Pará). Assim como também o vereador Erlon Rocha, o mais votado no município na campanha de 2020 – o único a furar a barreira dos 4 mil votos.

A saída de Gilberto Dinelly da coordenação do Círio da Conceição, avalizada pelo arcebispo dom Irineu Roman, no início do ano, foi tão traumática que teve até BO (Boletim de Ocorrência) registrado na polícia.

A nomeação do líder


Assine e participe, comente no canal do Blog do Jeso no Telegram

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Líder católico ‘proscrito’ da coordenação do Círio ganha assessoria na Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • JABAZINHO disse:

    Eu só me lembro desse cidadão quando ele chamou a PM para nos tirar da parte frontal da berlinda porque nós, que chegamos cedo antes dos amigos dele, não tínhamos a camisa oficial da berlinda. Nós fomos agredidos por se recusar em sair do caminho de quem chegou de ressaca. Esse ano era 2001. Depois dessa passei 16 anos sem participar da corda. Isso é tudo que tenho para dizer

  • Carlos Boução disse:

    Por que o Dornelly foi proscrito? Entrei na outra postagem mas não consegui saber o motivo. O BO não explicou!