Processo que condenou Lira Maia à inelegibilidade de 10 anos completará 1 ano no TRF1, Lira Maia

Lira Maia, condenado em 1ª instância em 2016

No próximo dia 19 de abril, o recurso contra a condenação do ex-prefeito Lira Maia (DEM), de Santarém, irá completar 365 dias em tramitação do TRF1 (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região, em Brasília.

Esse tempo é duas vezes maior que o período entre a condenação em primeira instância e o julgamento (e condenação) do ex-presidente Lula no TRF4, em Porto Alegre, no caso do triplex de Guarujá. Foram 196 dias corridos, segundo contabilizou a Folha de S. Paulo.

Lira Maia foi condenado pelo juiz Domingos Conceição Filho, da 1ª Vara Federal de Santarém, em maio de 2016, a pena de cassação dos seus direitos políticos por 10 anos e devolução aos cofres públicos de cerca de 10 milhões de reais.

Ele recorreu da decisão.

Entre a sentença do juiz Conceição Filho até o início da tramitação do recurso na segunda instância decorreram 328 dias.

O relator do processo no TRF1 é o desembargador Cândido Ribeiro.

A última movimentação do processo ocorreu em maio do ano passado.

Leia também:
MP pede bloqueio dos bens do prefeito de Óbidos por contratar advogado sem licitação

  • 7
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *