Só 4 arrecadaram recursos por vaquinha pela internet em Santarém na eleição; confira

Só e somente só 4 candidatos que participaram da eleição deste ano em Santarém PA) – majoritária (prefeito) e proporcional (vereador) – receberam recursos para campanha através do financiamento coletivo pela internet (vaquinha).

Os dados, parciais, são do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

 

Entre os 4, aparece apenas um candidato a prefeito, Coronel Tomaso (Patritota). Nenhum dos contemplados com vaquinha foi eleito.

A vaquinha virtual podia ser utilizada por qualquer candidato e somente doações somente de pessoas físicas. De acordo com a legislação eleitoral, cada pessoa poderia doar no máximo R$ 1.064,09 por dia.

Entre os candidatos a prefeito no Pará, o que arrecadou mais recursos por financiamento coletivo foi Silon (PSDB), eleito com 38,11% dos votos. As doações por vaquinha lhe renderam R$ 25,4 mil – mais de 20% do total da sua receita de campanha.

Paulo Pinho, que disputou vaga à Câmara de Vereadores de Belém pelo Cidadania, sagrou-se o campeão de arrecadação por vaquinha no estado – R$ 34,3 mil, quase 58% da receita total de sua campanha. Ele não foi eleito.

LEIA também: Candidato a vereador no Pará que mais recebeu doação partidária não foi eleito


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *