MP investiga suposto caso de nepotismo que envolve a secretária de Educação
Maria José Maia, professora e secretária municipal de Educação: na mira do MP por suposto nepotismo. Foto: Reprodução/CMS

O MP (Ministério Público) do Pará abriu investigação preliminar (notícia de fato, no jargão do órgão ministerial) para apurar denúncia de suposto caso de nepotismo protagonizado pela titular da Semed (Educação) em Santarém, Maria José Maia.

O caso, impulsionado por denúncia anônima, tramita na 9ª Promotoria de Justiça de Probidade Administrativa. Que já solicitou informações à Prefeitura de Santarém.

— LEIA TAMBÉM: Após denúncia, prefeito exclui empresa de sobrinho que ganhou licitação de mais de R$ 1 milhão.

Seriam 2 casos de nepotismo, de acordo com a denúncia, patrocinados pela irmã do ex-prefeito Lira Maia – ambos casos aninhados na Semsa (Saúde).

Em nota, a prefeitura tem enfatizado ao portal BJ que “obedece à legislação vigente em todas as suas nomeações”, tal como se manifestou em relação ao caso dos 2 filhos do vereador Carlos Silva (PSC) nomeados neste ano para trabalhar na Semsa (Victor Calebe) e Semurb (Carlos Henrique).

Ex-vereadora e professora, Maria José Maia assumiu o comando da Semed em janeiro deste ano. A pasta é naco da família Maia desde 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *