Colou. Até o PT caiu no conto da decisão 'monocrática' do triatlo pela Vigilância Sanitária
Carlos Martins, líder do PT na Câmara de Santarém: coro à narrativa do governo Nélio sobre o triatlo de Alter do Chão.

por Jeso Carneiro (*)

Colou a narrativa criada pelo governo Nélio Aguiar de que a desastrosa competição de triatlo realizada no domingo (4) em Alter do Chão foi monocraticamente decidida pela Vigilância Sanitária (VS).

Colou tanto que até o PT caiu no conto.

 

Em pronunciamento na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (5) pós-Desafio Zéfiro 70 km, o médico petista Carlos Martins, líder do partido na Casa, por pouco não pediu a exoneração imediata, exemplar e em praça pública do nº 1 da VS. E não será por falta de coro, com polegar voltado para baixo, para que Nélio ofereça aos vereadores a cabeça de Marcelinho Xavier, o servidor que assinou a autorização.

Em meio ao silêncio covarde de integrantes da Comissão de Saúde da Câmara, à frente, pasmem, a en-fer-mei-ra Alba Leal (MDB), a patota governista e até furta-cores fuzilaram a VS – em sintonia delituosa com o conto surreal “Decisão de forma monocrática”.

Nélio (prefeito), Vânia (Saúde), Esequiel (Esporte), Emir (Governo), Alaércio (Turismo), todos foram poupados pela fuzilaria disparada por todas as matizes políticas encasteladas na Casa. Desgraçadamente, até o vermelho PT.

Semsa liberou evento em Alter do Chão
Pessoas aglomeradas no domingo em Alter do Chão durante a realização do triatlo no distrito. Foto: Blog do Jeso

Se é assim, façamos também coro ao conto.

“Marcelino Xavier, recém-nomeado para o cargo, com plenipotenciários poderes, autorizou o evento de envergadura nacional na badalada e internacional Alter do Chão, em um domingo ensolarado. Tendo, sempre sozinho, sem ouvir seus superiores hierárquicos, convocado PM, SMT, Semjel, Semsa, ambulância para dar apoio logístico à competição. Sempre solitária e monocraticamente, Xavier agiu também, apesar do pico da covid-19, que deu a março o título de mês mais letal da pandemia em Santarém, para que aquele mundaréu de gente, ávida por triatlo, chegasse até o balneário através de matérias plantadas antecipadamente sobre o evento em sites especializados em esportes de Santarém e do Brasil”.

Exoneração já, pois, de Marcelino. Com Moção de Aplausos do PT.


— * Jeso Carneiro, repórter e editor do Blog do Jeso. Já treinando para o 3º Desafio Zéfiro – 70 km.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

4 Comentários em: Colou. Até o PT caiu no conto da decisão ‘monocrática’ do triatlo pela Vigilância Sanitária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *