EUA revoga autorização do  uso de cloroquina contra covid-19 por ser ineficaz

A FDA, equivalente nos EUA da Anvisa, revogou nesta segunda-feira (15) a autorização emergencial para o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina como tratamento da Covid-19, informa O Antagonista, conforme informação antecipada pela agência Reuters.

A agência americana reguladora de medicamentos afirmou que, com base em novas evidências, não é mais razoável acreditar que a cloroquina e a hidroxicloroquina possam ter eficácia no tratamento da doença.

 

Em carta publicada no site da FDA, a cientista-chefe da agência, Denise Hinton, escreveu que “não é mais razoável acreditar que os benefícios conhecidos e potenciais tenham mais peso que os riscos”.

As drogas ainda podem ser administradas emergencialmente aos pacientes hospitalizados que já iniciaram o tratamento com elas, a critério médico.

A revogação ainda será publicada no ‘Federal Register’, o diário oficial dos EUA.

O uso emergencial em pacientes hospitalizados foi autorizado pela FDA em 28 de março.

No fim de maio, o governo americano anunciou a doação de 2 milhões de comprimidos de hidroxicloroquina para o Brasil.

LEIA também: Bolsonaro pede ‘invasão’ de hospitais para filmagem de leitos; Santarém tem 3 unidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *