Por assassinato de viciado, traficante senta no banco dos réus hoje em Santarém

Publicado em por em Justiça, Segurança Pública

Por assassinato de viciado, traficante senta no banco dos réus hoje em Santarém
Fórum de Santarém, onde mais um julgamento pelo júri popular se realiza hoje (29). Foto: Arquivo JC

O Tribunal do Júri da 3ª Vara Criminal de Santarém (PA) realizada hoje (29) o julgamento de Ruan Carlos da Silva Cardoso, o Tico do Uruará, acusado de ter matado Pedro Henrique Gama Nunes, o Gato de Botas. O assassinato aconteceu em janeiro (dia 9) do ano passado, mediante uso de uma pistola.

O réu foi enquadrado em crime de homicídio qualificado por motivo fútil e meio que que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima.

Segundo o MPPA (Ministério Público do Pará), foram ao menos 8 tiros contra Pedro Nunes, sendo que 6 o acertaram fatalmente. O que teria levado Tico do Uruará ter assassinado Gato de Botas foi devido a dívidas de venda de entorpecentes.

Gato de Botas, que estava desarmado, morreu quando caminhava distraído em plena via pública, à luz do dia. Existe a suspeita que o acusado seja integrante de uma facção criminosa com atuação nos presídios.

Além disso, existe relato nos autos do processo que o réu já havia tentado matar a vítima dentro da Central de Triagem de Santarém meses antes do fato.

Após o assassinato, Tico do Uruará fugiu de Santarém. Ele teve a sua prisão preventiva decretada, sendo preso ainda em março do ano passado. Apesar da defesa do homicida ter impetrado pelo menos 3 habeas corpus e levado o caso até o STJ (Superior Tribunal de Justiça), o réu continua preso.

O julgamento do traficante Tico do Uruará nos momentos iniciais, hoje. Foto: JC

Se condenado, ele pode levar pena de 12 a 30 anos de reclusão. A acusação está sob a responsabilidade da promotora de Justiça Patrícia Carvalho Medrado Assamann e a defesa será feita pelo advogado Vinicius Martins Lima.

Estão previstos os depoimentos de 9 testemunhas e a previsão de encerramento do julgamento é para as 18h. O juiz Gabriel Veloso de Araújo preside o júri popular.

  • JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *