Audiência sobre compra de votos em Almeirim continuará em abril; PF é acionada

A juíza eleitoral Rafaella Kurashima, de Almeirim (PA), não conseguiu finalizar nesta terça-feira (30) a audiência de instrução e julgamento da ação contra a prefeita Lúcia do Líder (MDB) e do vice-prefeito Karol Sarges (PTB) por suposta compra de votos e abuso de poder econômico na eleição de 2020.

Por isso, a magistrada marcou para o final do próximo mês de abril – dia 27, às 9h, também por videoconferência – a continuação da audiência entre as partes e testemunhas.

 

A AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) foi ajuizada por Rosa Hage (PSC), segunda colocada na disputa para Prefeitura de Almeirim no ano passado. Há ainda mais 3 réus no processo – Antônio Jambo, Luís Carlos Pantoja e Joabson Lima.

Problemas técnicos (conexão com a internet) levaram Rafaella Kurashima a suspender a audiência ontem, sem encerrá-la. Isto porque algumas testemunhas não chegaram a ser ouvidas pela juíza. Todos os presentes deverão participar da audiência de abril, e para isso já foram intimados na ocasião.

Kurashima determinou a instauração de inquérito policial, a cargo da Polícia Federal, para “apuração dos supostos crimes cometidos e veiculados” no processo, “em especial pelos servidores da Prefeitura de Almeirim à disposição da
Justiça Eleitoral”.

“Determino [ainda] a instauração de sindicância administrativa no Cartório da 55ª Zona Eleitoral em face de todos os servidores lotados nesta serventia, sem nenhuma exceção, inclusive os cedidos do munícipio, a fim de apurar o cometimento de alguma falta funcional, com posterior comunicação dos fatos à Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Pará”.

De acordo com a denúncia de Hage, o esquema supostamente criminoso montado pela Lúcia do Líder e Karol Sarges teria envolvido 457 eleitores, que tiveram o domicílio eleitoral mudado de Laranjal do Jari (AP) para Monte Dourado (distrito de Almeirim) na campanha de 2020, favorecendo a vitória nas urnas dos eleitos. Servidores municipais de Almeirim teriam participado da fraude.

Lúcia do Líder ganhou de Rosa Hage com diferença de 421 votos.


Assine, participe, comente no canal do Blog do Jeso no Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *