Câmara de Óbidos não tem recursos para devolver a inscritos em concurso anulado
Câmara de Óbidos: vai recorrer da decisão. Foto: Blog do Jeso.

A Câmara de Vereadores de Óbidos (PA) não dispõe de qualquer recurso em seu poder, para devolver aos candidatos inscritos no concurso público que seria realizado em 2018, e anulado oficialmente no último dia 29 pela Justiça.

A declaração foi dada nesta quinta-feira (6) ao Blog do Jeso pelo presidente da Casa, vereador Rylder Afonso (PSD).

 

“Quando assumir a presidência, no início deste ano, não nos foi repassado quaisquer valores referente à inscrição de candidatos nesse concurso”, revelou Rylder.

“Fizemos, inclusive, uma varredura em documentos da Casa sobre candidatos inscritos, valores pagos, entre outros, e só encontramos a papelada referente ao processo licitatório que resultou na contratação da Inaz do Pará como a responsável pela execução do concurso”.

O blog apurou que cerca de 300 pessoas pagaram a taxa de inscrição, resultando na arrecadação de algo em torno de R$ 50 mil. O concurso chegou a ser marcada para o dia 18 de novembro de 2018 por Preto Sousa, ex-presidente da Câmara de Óbidos. Mas foi suspenso a pedido do Ministério Público do Pará.

Rylder disse que a Câmara irá recorrer da sentença.


O que a Justiça decidiu

🄂 Declarou nulo o processo licitatório da Câmara de Óbidos que sagrou a Inaz do Pará como a empresa responsável pela realização do concurso público para 20 vagas, nos níveis fundamental, médio e superior.

🄃 Condenou a empresa Inaz do Pará, com sede em Belém (PA), e a Câmara de Óbidos a devolver a todos os candidatos inscritos os valores, corrigidos, pagos por eles para participarem do certame.

🄄 Intimou a Câmara a dar início a abertura de um novo processo licitatório para realização do concurso público.


LEIA também: Adjunto que tachou prefeito de ‘bandido’ e ‘corrupto’ no Facebook é exonerado

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Câmara de Óbidos não tem recursos para devolver a inscritos em concurso anulado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Edilza Santos de Souza disse:

    Senhor Rilder, é claro que você não ia encontrar inscrição e muito menos dinheiro porque quem era responsável pelas inscrições e do recebimento do dinheiro era a empresa e NÃO a câmara municipal e você sabe disso porque você era e é vereador nessa casa.