Quem são os acusados na 1ª ação contra fake news na campanha eleitoral em Óbidos
Da esq. p/ dir.: Belemita, Cleise, Kedson, Jô e Adilson. Foto: Montagem/BJ

São 5 os acusados na 1ª ação por crime de disseminação de fake news (notícias falsas) em Óbidos, oeste do Pará, conforme noticiado com exclusividade neste domingo (4) pelo Blog do Jeso.

A representação foi protocolada na Justiça Eleitoral pela coligação Cuidar da Nossa Óbidos, que tem como candidato a prefeito Jaime Silva (MDB) e o vice Lindomar Marinho (PSD), atual vereador.

 

O alvo dos supostos caluniadores é Jaime Silva, que já foi prefeito por duas vezes de Óbidos. Todos os acusados são apoiadores da candidatura à reeleição do prefeito Chico Alfaia (PL).

São eles:

① Kedson das Máquinas. Vereador, ex-oposicionista do governo Chico Alfaia, virou governista radical nos últimos 2 anos. Ex-MDB, tentará a reeleição pelo PSC, partido da base de apoio a Alfaia na Câmara. Nome completo: Kedson Glay Ferreira de Andrade.

② Márcio Belemita. Ex-secretário adjunto de Esporte e Lazer de Óbidos até agosto deste ano, quando foi exonerado. Como Kedson das Máquinas, também foi sectário opositor de Chico Alfaia, não economizando adjetivos depreciativos para desqualificá-lo publicamente. Depois, com cargo na prefeitura, mudou de discurso e passou atacar os inimigos do seu ex-inimigo. Nome de batismo: Márcio Roberto Franco Soares.

③ Cleise Sarrazin. Servidora pública concursada (professora), é outra ex-demolidora da gestão Chico Alfaia que atravessou a rua e virou ferrenha governista. É candidata a vereadora pelo PSDB. Nome completo: Cleise das Graças Sarrazim Santos.

 

④ Jô Caralho. Ex-servidora pública contratada na gestão Chico Alfaia, lotada no Gabinete do Prefeito, cujo chefe é seu filho, Felipe Cardoso. Também é ex-opositora do prefeito que virou aliada. Nome de batismo: Josyene dos Santos Feitosa.

⑤ Adilson Ferreira Pinto. É servidor público contratado da Prefeitura de Óbidos, lotado no Gabinete do Prefeito. É assessor de gabinete nível III. Nas redes sociais, faz a defesa intransigente do atual prefeito obidense.

LEIA também: Áudio revela existência de “gabinete do ódio” dentro da Prefeitura de Óbidos; ouça

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Quem são os acusados na 1ª ação contra fake news na campanha eleitoral em Óbidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *