Publicado em por em Justiça, Santarém

Reginaldo Campos cumpre prisão domiciliar desde abril de 2019

Justiça autoriza saída do chefão da Perfuga da prisão para tratamento médico em Belém
Reginaldo Campos: autorização dada pela Justiça para ir a Belém. Foto: Arquivo JC

Em decisão nesta quinta-feira (25),a Justiça autorizou a saída da prisão domiciliar do chefão da Perfuga, Reginaldo Campos, para se submeter a tratamento médico em Belém (PA) por 10 dias.

A autorização foi dada pelo juiz Gabriel Veloso de Araújo, que está respondendo pela 3ª Vara Criminal de Santarém.

— Confira:Juiz cassa prefeito e vice de Monte Alegre e os deixa inelegíveis por 8 anos.

“O pleito é legítimo e comporta deferimento”, justificou o magistrado.

“É imperioso esclarecer que não é direito subjetivo do preso a permissão de saída, devendo ser analisado em cada caso a sua necessidade, conforme foi assentado pelo Superior Tribunal de Justiça no julgamento do HC n. 170197/RJ. Contudo, convém, registrar, neste particular, a incidência do Princípio da Dignidade da Pessoa Humana por se firmar como fonte para todos os ramos do direito”, destacou.

Ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Santarém, Reginaldo Campos foi liberado para ir Belém no período de 30 de novembro a 10 de dezembro próximo.

Ele deverá informar à Justiça o endereço que irá permanecer na capital paraense, bem como juntar ao processo cópia das passagens aéreas ida e volta.

Reginaldo cumpre prisão domiciliar desde abril de 2019.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *