Recurso contra show cancelado de Geraldo Azevedo chega no TJ do Pará
Edineia Tavares, desembargadora do TJ do Pará

Tramita no TJ (Tribunal de Justiça) do Pará um recurso (agravo de instrumento) contra a decisão da Justiça em Santarém que cancelou a realização do show do cantor Geraldo Azevedo no próximo dia 31 no Centro Recreativo, tradicional clube da cidade.

O agravo foi protocolado pela defesa do Centro Recreativo na quarta-feira (22) e distribuído por sorteio para a desembargadora Edinéia Tavares, da 2ª Turma de Direito Civil.

 

Não há ainda decisão sobre o recurso.

Em Santarém, o juiz do caso, Aubério Lopes Ferreira Filho, concedeu liminar (decisão provisória) favorável à medica Ilmara Souza Mamed, que teria reservado, no ano passado, o clube para a festa de 15 anos de sua filha também para o dia 31 próximo.

Apesar de já ter quitado todo o aluguel do espaço (R$ 4 mil) para essa data, o Centro Recreativo não reconhece o contrato que a cardiologista apresentou nos autos do processo. E argumentou ainda que o show “é de interesse da sociedade santarena como um todo”.

Multa de 30 mil reais

Em nova decisão nesta quinta-feira (23), Aubério Filho manteve a liminar e a multa de R$ 30 mil em caso de descumprimento da ordem judicial.

O empresário que está bancado a apresentação de Geraldo Azevedo em Santarém, Kirk Xabregas, da empresa 3K Entretenimentos, disse em vídeo que a multa será paga e o show realizado no Centro Recreativo na hora e dia já agendados.

Sobre o caso, leia também:

Recreativo faz pedido, mas juiz mantém liminar que cancela show de Geraldo Azevedo

Médica pede força policial para garantir festa de 15 anos no Centro Recreativo

Empresário desafia: vai pagar multa, e realizar o show de Geraldo Azevedo; vídeo

Médica consegue na Justiça barrar show de Geraldo Azevedo no Centro Recreativo

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Recurso contra show cancelado de Geraldo Azevedo chega no TJ do Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Antônio disse:

    E só um comentário se amedica tem um contrato primeiro que o outro tem toda razão e só fazer o show em outro lugar