Com namorado e genro em seu gabinete, vereadora vira alvo de investigação do MP
Vereadora Enfermeira Alba Leal: alvo de investigação preliminar do MP. Foto: Reprodução/CMS

Vereadora de primeiro mandato em Santarém (PA), a Enfermeira Alba Leal virou alvo de investigação preliminar (notícia de fato) do MPPA (Ministério Público do Pará) por lotar em seu gabinete o namorado e o genro. O caso foi revelado em primeira mão pelo BJ (Blog do Jeso) na semana passada – dia 10.

A parlamentar do MDB, 3ª mais votada na eleição do ano passado, confirmou ao BJ o grau de relação que tem com Wagner da Silva Maciel (namorado) e Venício Pereira Silva (genro). Os dois são assessores parlamentares na Câmara de Santarém desde janeiro deste ano.

 

Nesta terça (18), o processo foi encaminhado à 9ª Promotoria de Justiça de Santarém, hoje sob o comando do promotor de Justiça Diego Belchior Ferreira Santana.

Ele é o mesmo que investiga vários casos de nepotismo, inclusive de namorados, na Prefeitura de Mojuí dos Campos, município da Região Metropolitana de Santarém e atualmente dirigido também por um emedebista, Marco Antônio Lima.

A vereadora e seus 2 assessores ainda não foram comunicados oficialmente da abertura do procedimento administrativo no âmbito do MPPA. Ao todo, 6 pessoas trabalham no gabinete da parlamentar – 4 mulheres e 2 homens.

“Não há qualquer ilegalidade [no fato dos 2 assessores serem seu namorado e genro], pois não está caracterizado nepotismo”, disse ao BJ quando procurada para se manifestar sobre o caso.

— LEIA AINDA: MP investiga casos de nepotismo de prefeito, vice e 4 secretários em Mojuí; confira


Assine e participe, comente no canal do Blog do Jeso no Telegram

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

10 Comentários em: Com namorado e genro em seu gabinete, vereadora vira alvo de investigação do MP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sebastião disse:

    êta que essa ai não queremos mais nem aqui em nossa comunidade, chega desse pessoal enrolado

  • Walter Medina disse:

    tava demorando começarem a fazer merda, fica até feio pra uma mulher ser a primeira a dar mal exemplo ela deveria se envergonhar nem os vereadores homens estão fazendo isso

  • Quitério disse:

    quando essas práticas irão acabar? bom a gente ficar de olho nessas sacanagens e na proxima eleição fazer a varredura

  • Carlos justiceiro disse:

    Qual o canal para se fazer chegar uma denuncia ao MP?

    1. Jeso Carneiro disse:

      No próprio site do MP.

  • Marcus Pinheiro disse:

    Alguém poderia me explicar o que fazem 6 pessoas dentro do gabinete de um vereador? Poh pior que nós que pagamos esse pessoal todo, ai chega lá no pronto socorro não tem enfermeiro pra atender, distribuam melhor esses servidores senhores vereadores

  • Izabelly Parintins disse:

    vixi pelo visto essa história não vai acabar em pizza, e essa vereadora tá diferente da campanha, ta gordinha pelo visto o fato de ta trabalhando ao lado de seu amado e do genro ta fazendo bem a ela

  • Pedro Santa Rosa disse:

    é no mínimo imoral a atitude dessa parlamentar que deveria ta dando exemplo de como trabalhar com transparência e de forma correta é isso que os eleitores merecem, pelo menos isso já que não faz nada pela população, to fora

  • Roberto disse:

    caracas a cobra vai fumar essa vereadora nao tinha outros homens pra dar essa vaga que não fosse da família? procurou pro dela

    1. Sergio Silva disse:

      bacana que nessa onde de empregar o pessoal da família a renda aumenta e quem não quer uma mamata dessa?