Novo juiz adia audiência de ação contra prefeita por compra de votos para maio
Lúcia do Líder, prefeita de Almeirim: alvo da ação eleitoral ajuizada por sua adversária Rosa Hage. Foto: Reprodução/Arquivo BJ

Francisco Joaquim da Silva Filho, novo juiz da comarca de Almeirim (PA), remarcou para o próximo mês de maio a audiência da ação eleitoral contra a prefeita Lúcia do Líder (MDB) por suposta compra de votos na eleição do ano passado.

A continuidade da audiência de instrução e julgamento do caso estava marcada para hoje (27), conforme despacho da juíza eleitoral Raffaela Kurashima em março deste ano. Silva Filho substituiu a magistrada no comando da comarca no início deste mês.

 

“Considerando a readequação da pauta, em razão de processos de réus presos que este Juízo deve analisar com absoluta prioridade, em trâmite nesta Comarca, inclusive audiências criminais designadas para a data de 27/04/2021. Redesigno a audiência do presente processo para o dia 07/05/2021, às 09 horas”, justificou o novo juiz em despacho ontem à noite.

A AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) foi ajuizada pela ex-deputada Rosa Hage (PSC), segunda colocada na disputa para Prefeitura de Almeirim no ano passado. Há ainda mais 4 réus no processo – Antônio Jambo, Luís Carlos Pantoja, Joabson Lima e Karol Sarges (PTB), vice-prefeito.

Eles são acusados de suposta compra de votos e abuso de poder econômico.

De acordo com a denúncia de Hage, o esquema supostamente criminoso montado pela Lúcia do Líder e Karol Sarges teria envolvido 457 eleitores, que tiveram o domicílio eleitoral mudado de Laranjal do Jari (AP) para Monte Dourado (distrito de Almeirim) na campanha de 2020, favorecendo a vitória nas urnas dos eleitos. Servidores municipais de Almeirim teriam participado da fraude. Lúcia do Líder ganhou de Rosa Hage com diferença de 421 votos.

Íntegra do despacho do novo juiz


Assine e participe, comente no canal do Blog do Jeso no Telegram

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Novo juiz adia para 7 de maio audiência da ação contra prefeita por compra de votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Alacid disse:

    Acho que vai acabar em pizza esse processo. Fraudar a Justiça eleitoral é burlar a democracia, todos sabemos é um crime e não pode ficar em pune.