PPS recebe defesa de vereador que deve ser expulso do partido

Elivan Rocha, JurutiAtual presidente da Câmara de Vereadores de Juruti, Elivan Rocha (foto) entregou hoje (13), por volta das 13h30, a sua defesa à Comissão de Ética do PPS no processo de expulsão aberto contra ele pelo diretório municipal do partido.

O parlamentar é acusado de participar do maior escândalo político da história recente do município, conhecido como “Mensalão de Juruti”, cujo protagonista principal é o prefeito Marquinho Dolzane (PSD).

Amanhã, a comissão tem reunião agendada, segundo revelou ao blog o presidente do PPS jurutiense, Emílio Vieira. E já dará início à análise da defesa.

“Depois do dia 17, a comissão irá se manifestar”, declarou Emílio.

(mais…)

Parque de Monte Alegre em debate

Deu no jornal Tapajós Agora, edição nº 43:

Lúcia Braga, vereadora montealegrense do PPS, articula a realização de uma sessão especial, no próximo mês de abril, para debater o efetivo funcionamento do Parque Estadual de Monte Alegre, o Pema.

Veto atrapalha fusão do PTB com DEM e do PSB com PPS

Coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, hoje (26):

PPS - Blog do Jeso - logoO veto de Dilma Rousseff a artigos da lei que regula a fusão de partidos atrapalha o casamento do PTB com o DEM e também do PSB com o PPS.

Eles esperavam receber parlamentares de outros partidos depois de se juntarem — o que acabou proibido.

Vão agora vão tentar derrubar o veto da presidente no plenário. Contam com a ajuda de Eduardo Cunha, presidente da Câmara.

(mais…)

PPS pode expulsar vereador por envolvimento no mensalão de Juruti

Elivan Rocha, Juruti

Elivan Rocha (foto), atual presidente da Câmara de Vereadores de Juruti, está na mira da expulsão do PPS.

Dayan SeriqueEle virou alvo por sua suposta participação no escândalo do mensalão naquele município – uma esquema de distribuição pelo prefeito Marquinho Dolzanes (PSD) de 2 mil reais/mês aos vereadores, além de cotas de combustível (gasolina e diesel) e de passagens fluviais em troca de apoio irrestrito do Legislativo.

Depois do Carnaval, o vice-presidente regional da legenda do oeste do Pará, vereador santareno Dayan Serique (foto ao lado), estará em Juruti para avaliar a conduta de Elivan Rocha nesse esquema de corrupção.

Neste link, ouça Dayan Serique explicando que procedimentos o PPS irá adotar para o caso.

O mensalão de Juruti veio à tona no final do mês passado (dia 26), quando o áudio de uma reunião entre o prefeito e vereadores ocorrida em setembro de 2014 foi distribuído à população.

(mais…)

Mônica Brito. Quem é quem no mensalão em Juruti

Mônica BritoEleita pela primeira vez para a Câmara de Vereadores de Juruti em 2012, pelo PPS, Mônica Brito (foto), 28 anos, não estava presente na reunião de setembro do ano passado entre o prefeito Marquinho Dolzane (PSD) com 11 vereadores.

Corrupção em JurutiNeste link, ouça o áudio gravado nessa reunião.

Os R$ 2 mil do mensalão, distribuído aos parlamentares pelo prefeito naquele encontro, foi entregue à vereadora em outra ocasião pelo tesoureiro da Câmara, José Alves Filho, o Zezinho.

Hoje filiada ao Solidariedade, Mônica chegou a ensaiar posição de independência na Câmara em relação ao governo Marquinho Dolzane, quando fez duras críticas à gestão da Saúde no município, no início do ano passado.

(mais…)

PPS entra na disputa pela Presidência da Câmara

Dayan SeriqueDayan Serique (PPS – foto) entrou na disputa à presidência da Câmara de Vereadores de Santarém.

Seu maior trunfo é o trânsito livre entre oposicionistas e governistas.

Os concorrentes dele de maior peso são Gerlande Castro (SD), atual líder do governo na Casa, e Geovane Aguiar (PSC), que faz oposição diuturna ao prefeito Alexandre Von (PSDB).

A eleição está marcada para o próximo dia 1º de dezembro.

Leia também:
Escândalo sexual na Câmara: nº 1 do PP vem a Santarém tomar par do caso.

PPS e Solidariedade debatem fusão

Coluna Painel, da Folha de S. Paulo:

Blog do Jeso | Arnaldo JordyOs presidentes do PPS e do Solidariedade, Roberto Freire e Paulinho da Força, se reuniram na quarta-feira para abrir discussões sobre uma fusão em 2015.

– – – – – – – – – – – – – –

Nota do blog:
No Pará, o comando do PPS é de Arnaldo Jordy (fot0), reeleito, assim como Wlad Costa, nº 1 do Solidariedade (SD). Os dois são deputados federais.

Memória seletiva do PT em SP

Alxandre PadilhaColuna Painel, da Folha de S. Paulo, hoje (5):

Antes de dar palestra a convidados da agência EFE, [Alexandre] Padilha [candidato do PT ao governo de SP – foto] foi instado pelo mediador a abordar a aliança com Paulo Maluf (PP) e a menção a seu nome na Operação Lava Jato da PF.

O petista falou por mais de meia hora, mas não deu uma palavra sobre os dois temas.

Leia também:
Chapa maluca: PT e DEM juntos no Pará.

Embate político e renovação

Vice-presidente do PPS no Pará, o vereador Dayan Serique comenta o post PSOL lança santareno à Câmara dos Deputados:

Parabéns meu amigo e colega professor Marcio Pinto pela coragem e determinação em colocar seu nome e sua história a disposição da população para concorrer a Câmara dos deputados.

Desejo muito sucesso em sua empreitada, que outras pessoas de bem também possam seguir seu exemplo e sair do discurso e vir para o embate político, em busca da renovação que tanto se fala.

Vereador é eleito vice do PPS no Pará

Dayan Serique - Blog do JesoVereador e pedagogo santareno, Dayan Serique (foto) foi eleito no final de semana, em encontro partidário realizado em Belém, vice-presidente do PPS no Pará.

Outros dois vices foram escolhidos, em deles o deputado federal Arnaldo Jordy.

O novo número 1 do partido é João Raimundo.

Para a eleição deste ano à Alepa (Assembleia Legislativa do Pará), o PPS vai para a batalha sozinho, sem alianças.

Uma chapa com 53 candidatos já está sendo montada.

Leia também:
Não quer calar.

Página 1 de 1412345...Última »
css.php