Blog do Jeso

Oeste do Pará

Concessão da BR-163 leva Nélio Aguiar a reunir com ministro dos Transportes

A reunião foi realizada ontem em Brasília. O deputado federal Lúcio Vale, do PR, também participou

Concessão da BR-163 leva Nélio Aguiar a reunir com ministro dos Transportes, Nélio Aguiar e o ministro dos Transportes/Governo TemerNélio na reunião em Brasília com o ministro Quintella

 
O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar (DEM), reuniu em Brasília com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, para pedir a inclusão do trecho da rodovia BR-163 de Miritituba (Itaituba) a Santarém no estudo de viabilidade para a concessão.

A reunião foi realizada ontem, 18.

Leia também
Placas e Santarém participam da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Nélio também solicitou que o projeto Ferrogrão seja estendido até Santarém, ao invés somente de Miritituba, como está no projeto. Na reunião, também estava presente o deputado federal paraense Lúcio Vale (PR).

A BR-163 (Santarém/Cuiabá) é o principal elo entre o estado do Mato Grosso, onde há a maior produção de grãos do Brasil, e os portos do Norte, principalmente Santarém e Miritituba.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Leitor critica sindicato e vice por falta de transporte escolar na zona rural

Leitor critica sindicato e vice por falta de transporte escolar na zona rural, Prefeito Chico Alfaia e o vice-prefeito Isomar Barros, de ÓbidosPrefeito de Óbidos Chico Alfaia e o vice Isomar Barros na posse, em janeiro

 
Do leitor que se assina Antonio Carlos sobre o post Câmara “capenga” ajuda governo a cometer “trapalhadas”, critica leitora:

Cadê o cronograma de pagamento que a assessoria de imprensa do prefeito [Chico Alfaia, do PR] elaborava no mês de janeiro?

Jeso, imagine a articulação que o governo está fazendo para eleger o novo Conselho Municipal de Educação para continuar o silêncio diante da falta de aulas e transporte escolar.

Cadê o presidente do sindicato com aquele discurso raivoso dele sobre a falta de transporte escolar? Cadê os panfletos do sindicato distribuídos aos montes nas escolas?

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Redução da APA de Aramanaí, em Belterra, cai no radar do Ministério Público

A APA foi reduzida 20% pela Câmara de Vereadores. A iniciativa é do prefeito Doutor Macedo

Lilian, Túlio e Ione, promotores de justiçaLilian, Túlio e Ione, promotores integrantes do GT do Tapajós

 
A polêmica redução da APA (Área de Proteção Ambiental) de Aramanaí, em Belterra, caiu no radar do Grupo de Trabalho Bacia do Tapajós (GT do Tapajós), criado pelo MP (Ministério Público) do Pará.

O GT, criado em 2016, atua nas questões ambientais e agrárias da bacia do rio Tapajós.

Em Santarém, 4 promotores de justiça fazem parte do grupo Liliam Braga, Ione Nakamura, Túlio Novaes e Paulo Arias.

Promotores que atuam em Juruti, Belterra, Mojuí dos Campos, Aveiro, Placas, Itaituba, Rurópolis, Trairão, Jacareacanga e Novo Progresso são os demais integrantes da tropa.
 
PORTOS
 
A redução em cerca de 20% da APA de Aramanaí foi aprovada no início deste mês pela Câmara de Belterra com folga – 9 a 1 -, numa costura política entre o prefeito Doutor Macedo e o presidente da Casa, Serjão Campos, ambos do DEM.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Investigador da polícia é acusado de exigir propina de postos de gasolina

O investigador civil está lotada na cidade de Faro. O caso foi denunciado pelo Ministério Público

Polícia Civil

A Polícia Civil do Pará abriu processo administrativo disciplinar, PAD, contra um investigador denunciado pelo Ministério Público Estadual de exigir e receber propina de donos de postos de gasolina em um município do oeste do Pará.

O PAD foi aberto há cerca de 30 dias, pelo delegado geral Rilmar Firmino.

Leia também
Apresentador de TV é acusado de mandar matar boto para exibir na Globo

O caso ocorreu na cidade de Faro e o acusado é Aldenor Augusto da Silva Neto.

Se comprovado o crime (concussão), o servidor pode ser demitido a bem do serviço público e, na Justiça comum, corre risco de ser condenado de 2 a 8 anos de prisão, além de pagamento de multa.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Justiça Federal absolve Gandor e condena Nunes, ambos ex-prefeitos de Prainha

Justiça absolve Gandor e condena Nunes, ambos ex-prefeitos de Prainha, Joaquim Nunes e Gandor HageJoaquim Nunes e Gandor Hage são aliados políticos

 
Saiu a sentença de uma ação de improbidade administrativa contra os ex-prefeitos Joaquim Nunes e Gandor Hage, ambos de Prainha, em tramitação na Justiça Federal em Santarém há 8 anos.

A sentença foi proferida ontem, 5, pelo juiz Érico Pinheiro, da 2ª Vara Federal.

Os réus foram acusados de não fazer a devida prestação de contas de um convênio entre Prefeitura de Prainha e MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário), no valor de 150 mil reais e com vigência até dezembro de 2007.

Os ex-prefeitos sofreram penas distintas.
 
CASSAÇÃO POR 3 ANOS
 
Hage foi absolvido.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Prefeito assina decreto que declara Santarém em situação de emergência

Prefeito assina decreto que declara Santarém em situação de emergênciaNélio Aguiar, prefeito, assinando o decreto de emergência. Foto – Júnior Albuquerque

 
O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar (DEM) assinou nesta quinta-feira (4) decreto declara situação de emergência nas áreas afetadas por tempestade/vendaval no município.

O decreto leva em consideração o parecer técnico feito pela Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec).

Leia também
5 verdades e 5 mentiras sobre a APA de Aramanaí, segundo o prefeito de Belterra

Ele cita o vendaval, acompanhado de chuva, ocorrido no último dia 29 que afetou diretamente 413 pessoas na comunidade Vila Brasil, no rio Arapiuns, bem como na zona urbana do município, afetando 16 famílias e 56 pessoas diretamente.

O fenômeno natural causou danos materiais em 70% da estrutura física da escola da comunidade Vila Brasil, com perda total de mobília.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Portos em Aramanaí: arquiteto refuta argumentos do prefeito de Belterra

Para o Anísio Quincó, a APA de Aramanaí não pertence somente aos moradores que nela moram

Portos em Aramanaí: arquiteto refuta argumentos do prefeito de Belterra, Olhar do editor - Jeso Carneiro. Praia de Pindobal.Praia de Pindobal, em Belterra. Foto – Jeso Carneiro

 
Contraponto do arquiteto santareno Anísio Quincó ao post 5 verdades e 5 mentiras sobre a APA de Aramanaí, segundo o prefeito de Belterra:

Anísio Quincó

E o que nós entendemos.

Sobre as 5 verdades:

1 – A criação do porto de Pindobal se deu pela necessidade de transbordo de equipamentos e pessoas para o funcionamento das atividades da Companhia Ford. Tão logo foi criado o acesso rodoviário na região, esse porto se tornou obsoleto. Isso se confirma pelo fato de muitos dos municípios vizinhos terem atividade pujante na ‘frente’ de suas sedes, e Belterra usar sua orla só para fins de lazer.

2 – Para se preservar os recursos que estão ali ofertados, há de se ter diferente nível de controle. No caso de uma APA, toda e qualquer atividade mantida sob seus limites, tem que passar por um conselho gestor. É um preço a ser pago para mantermos nossa riqueza.

3 – A riqueza que está ali também é coletiva. Nada mais justo manter o nível de regularização desta forma.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

5 verdades e 5 mentiras sobre a APA de Aramanaí, segundo o prefeito de Belterra

Segundo Doutor Macedo, a redução da APA atende interesses dos moradores que moram na área

5 verdades e 5 mentiras sobre a APA de Aramanaí, segundo o prefeito de Belterra, Doutor Macedo, de BelterraDoutor Macedo, autor do projeto que reduziu a APA de Aramanaí, em Belterra

 
A redução em cerca de 20% da área da APA (Área de Proteção Ambiental) de Aramanaí, no município de Belterra, foi aprovada com folga na sessão de ontem, 2, da Câmara de Vereadores.

A matéria é de autoria do Poder Executivo, leia-se prefeito Jociclélio Macedo, o Doutor Macedo (DEM), eleito pela 1ª vez para esse cargo público.

A aprovação do projeto causou ruídos de insatisfação, principalmente nas redes sociais.

A pedido do Blog do Jeso, Doutor Macedo enumerou 5 verdades e 5 mentiras que giram em torno dessa iniciativa.

Confira abaixo.

As 5 verdades

1 – Origem portuária

A APA da forma que estava desvirtuava a origem do município de Belterra, que teve início através do porto no Pindobal;

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Números. Área, lotes e setores do futuro distrito industrial de Santarém

Números. Área, lotes e setores do futuro distrito industrial de Santarém, SantarémVista aérea de Santarém, área central

 

231,82 hectares

Tamanho da área onde será implantado do distrito industrial de Santarém, de acordo com o projeto conceitual elaborado pela Codec (Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará).

187

Número de lotes industriais que serão disponibilizados no DI de Santarém. Servidos por 5,87 km de ruas asfaltadas, com sistema de drenagem, calçadas, ciclovias, faixas de pedestres, canteiros centrais e rede de distribuição de energia elétrica.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Crime de difamação contra prefeito e ex de Terra Santa é extinto pela Justiça

A sentença foi proferida no último dia 28 pelo juiz Luiz Gustavo Cardoso. 3 pessoas foram indiciadas

Crime de difamação contra prefeito e ex de Terra Santa é extinto pela Justiça, Doca e Marcílio PicançoDoca e Marcílio, alvos de difamação em Terra Santa

 
Por decadência ao direito de queixa-crime, a Justiça Eleitoral em Terra Santa, no oeste o Pará, extinguiu a punição contra 3 pessoas por crime de difamação contra o ex e atual prefeito do município.

A sentença foi proferida pelo juiz Luiz Gustavo Cardoso no último dia 28.

Leia também
Investigação eleitoral: Justiça marca audiência com testemunhas em Terra Santa

No Ler Mais, abaixo, a íntegra da sentença.

Os indiciados João Sarubi de Andrade, Marcílio Santos e Edeneia Venceslau teriam difamados Marcílio Picanço (ex-prefeito) e Doca Albuquerque (prefeito), ambos do PSD, em agosto do ano passado.

Ler mais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Videos
Canal direto
Canal Diteto
Prestação de Contas
Twitter


Colunistas
Sites e blogs
Publicidade