O Iespes (Instituto Esperança de Ensino Superior) perdeu também em 2º grau (Tribunal de Justiça do Pará) uma ação de indenização por danos morais ajuizada em 2010 em Santarém.

A 1ª Câmara Cível Isolada (em Belém) confirmou a sentença de 1ª grau em favor de Veraci Santiago.

A ação é por ato ilícito praticado pela faculdade santarena.

Ainda cabe recurso.

O Iespes, apesar de Veraci ter pago suas dívidas pendentes junto à instituição, inscreveu o nome da ex-aluna do curso de Turismo no cadastro do SPC e Serasa.

Leia também:
Faculdade contrata ex-diretora da concorrente.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

21 Comentários em: Faculdade perde ação por danos morais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Kamilla Pontes disse:

    Primeiramente se você quer tanto falar mal desses profissionais seja maduro o suficiente para assumir as consequências e coloque seu nome…agora falar e ficar no anonimato é fácil.

    Fui aluna desses dois professores e reconheço profundamente a competência dos mesmos na área da Psicologia. Se vc acha que é mais inteligente que eles prove.
    Sempre tirei excelentes notas com eles pq sempre me esforcei e ESTUDEI bastante para tal e tais professores citados sempre abriram um leque de possibilidades e informações para aqueles que realmente estão no curso com um foco, ser excelentes profissionais na área. Coisa que alguns não estão honrando e vem a público falar besteiras.
    Se for acadêmico de Psicologia, reveja isso mesmo porque desse jeito nunca será um profissional que se preze.

  • Ana Andrade disse:

    Se esses comentários são de um futuro psicólogo eu te recomendo rever a carreira que deseja seguir! Isso não cabe na postura de um profissional! Então querido estude, quem sabe vc não chegue aos dedos mindinhos desses profissionais!. Se vc tem problema ou Resistência a esses profissionais resolva com eles, não esponha de maneira ridícula essas tuas idéias ridículas!

  • Suzane Costa disse:

    Pelo amor de Deus parem de falar absurdossssss…..
    Não acreditei no que li, sou aluna do Prof Ruy há anos e ele é um excelente professor,
    e realmente sempre tive boas notas, sabe porque?
    Porque me esforço para tê-las, diferente de pessoas que não estudam e querem tirar ” notão”, isso realmente ele não deixa acontecer.
    Professor Ruy estou do seu lado, e você tem meu apoio, pois sei do seu trabalho e admiro muito. Obrigada por todos os conhecimentos que me passou…
    Qto a esses futuros psicólogos que estão fazendo esse tipo de comentários, revejam suas idéias absurdas…. e leiam o código de ética….

  • Grace alvarenga disse:

    Sou aluna dos professores que foram citados nessa polêmica e percebo da parte da pessoa que escreveu as suas reivindicações no blog que existe algo distorcido em seu discurso me levando a acreditar que além do seu notório problema com a língua portuguesa pode estar desenvolvendo mecanismo de defesa chamado de projeção. Caro colega, se você quiser realmente ser ouvido tenha atitude sensata e fale sua queixa somente a quem lhe diz respeito pq você não fere somente o ego de quem está sendo citado na sua publicação você fere o nome da instituição na qual você estuda. Então use seu cérebro a seu favor e em um próximo momento reflita sobre qual a melhor e mais adulta maneira de reclamar seus direitos sem que isso possa interferir negativamente na sua vida e na vida dos outros. Aposto que assumir uma postura ética não dói…

    1. ANDRÉ LINS disse:

      COITADA DE VOCÊ GRACE,LEVA O RUI PRA SUA CASA ENTÃO, JÁ QUE TENS A APIÊNCIA DE OUVIR AS SEDAS RASGADAS PELA VERA E OS TERRORISMOS DO RUI.SE BEM QUE ELE DEU UMA FREIADA ESSES DIAS NA SITUAÇÃO E ATÉ SE PRONUNCIOU NA SALA DE AULA.

      1. Morena disse:

        Verdade André Lins…….

  • Grace alvarenga disse:

    Sou aluna dos professores que foram citados nessa polêmica e percebo da parte da pessoa que escreveu as suas reivindicações no blog que existe algo distorcido em seu discurso me levando a acreditar que além do seu notório problema com a língua portuguesa pode estar desenvolvendo mecanismo de defesa chamado de projeção. Caro colega, se você quiser realmente ser ouvido tenha atitude sensata e fale sua queixa somente a quem lhe diz respeito pq você não fere somente o ego de quem está sendo citado na sua publicação você fere o nome da instituição na qual você estuda. Então use seu cérebro a seu favor e em um próximo momento reflita sobre qual a melhor e mais adulta maneira de reclamar seus direitos sem que isso possa interferir negativamente na sua vida e na vida dos outros. Aposto que ter uma postura ética não dói…

  • Anônimo disse:

    por favor,peço a cordenação que verifique a questão desses dois professores:Ruy Guilherme e Vera Branco……a instituição só perde!!!o prof Ruy Guiherme por exemplo assusta seus alunos so com as caras e bocas que faz dentro da sala de aula, se acha o inteligente em tudo e que nenhum aluno pode questioná-lo, estou sentido isso na pele,ele e super inteligente isso n posso negar,mais faz uso da mesma para diminuir seus alunos, nas provas quer q esteja respondida do jeito que ele quer, ou seja quase impossivel adivinhar o que ele quer,,,,,nao conheço nenhum aluno que tirou 10 com ele ou que foi elogiado pelo mesmo.PSICOPATOLOGIA E PSICODIAgNOSTICO sao materias que ele aterrotiza os alunos.O que falar da Vera branco,pelo amor de deus fico espantada em ver como essa mulher n planeja suas aulas,simplismente acho q ela pensa q somos burros!ela entra na sala cheia de bolsas e o vestido combinando com o sapato se senta na sua mesa passa uma apostila para le e explik la na frente.Pelo amor de deus oq e isso! e quando abre a bok so fala da sua familia e das suas viagens……ai e o Paulo Holanda pelo amor de deus esse e melhor nem lembrar…prof klaudia Sadalla ajude!!!

    1. academico disse:

      pena que a Claudia Sadalla não veja a postura do Ruy Guilher nem mesmo com perda de alunos muitos já transferiram o curso para outro estados por causa dele, sendo que quem , paga o salariio dele são os alunos acredito que não estamos estudando psicologia e psicotortura.. ao termino do curso os academicos que suportarem vão sair doente mentais ……

    2. psicóloga disse:

      rsrs…conheço muito bem esse profissional que vcs estão descrevendo, já trabalhei em um orgão público com este “profissional” é de profissional não vi nada….é uma pessoa insensivel e desumano para se trabalhar em orgão público principalmente na aréa da assistencia Social. Trata o usúario sem o minimo de respeito deixando-o esperando por oras(devido o profissional chegar atrasado) e ainda por cima deixa de fazer o relato do caso prejudicando a equipe multiprofissional. É lamentavel ter esse tipo de profissional em orgão público!!!Uma vergonha para o Estado e ou Municipio e principalmente para Conselho Regional de Psicologia. (CRP)!!!!!!!!!!!!!!

  • Wilson Lemos prado disse:

    até que enfim alguem teve coragem de denunciar esses professores abusados do Iespes.digo: Rui Guilherme e Vera Branco.

  • Martins Mota disse:

    Senhores coordenadores do IESPES. concordo plenamente com o que foi citado neste Blog,pois certos docentes pensam que são os legitimos donos da verdade e com isso a humildade passa bem Longe. RUI GUILHERME fora da instituição é um ótimo profissional, porém como docente deixa a desejar.Já a VERA BRANCO,deixa de ser uma professora para os acadêmicos e vive na sala de aula elogiando Esposo,Filhos e até netos. Queridos Coordenadores,procurem salvar esta instituição que há 10 anos está colaborando com a intelectualidade desses acadêmicos, mais esses mesmos saem traumatizados e recalcados com as atidudes extremas desses Dois Docentes. esses não DEUSES NEM NUNCA SERÃO AS UNHAS DO SENHOR DA SABEDORIA. fica aqui o nosso descontentamento e indignação pelas atitudes grotescas desses dois Docentes do IESPES. SALVEM-NOS !!…….

    1. psicóloga disse:

      rsrs…conheço muito bem esse profissional que vcs estão descrevendo, já trabalhei em um orgão público com este “profissional” é de profissional não vi nada….é uma pessoa insensivel e desumano para se trabalhar em orgão público principalmente na aréa da assistencia Social. Trata o usúario sem o minimo de respeito deixando-o esperando por oras(devido o profissional chegar atrasado) e ainda por cima deixa de fazer o relato do caso prejudicando a equipe multiprofissional. É lamentavel ter esse tipo de profissional em orgão público!!!Uma vergonha para o Estado e ou Municipio e principalmente para Conselho Regional de Psicologia. (CRP)!!!!!!!!!!!!!!

  • Martins Mota disse:

    Queridos coordenadores do Iespes e a todos os docentes,o que está neste blog não é e nem vai deixar de ser algo veridico, se existe varias verdades essas descritas aqui são as mais verdadeiras de todas certos docentes como os descritos não só agem dessa forma como sentem felizes por serem assim,e provalvemente o nome dessa Instituição que está há 10 anos contribuindo para com a sociedade poderá deixar de ser vista como um apse de conhecimento,pelo amor de DEUS salvem essa instituição e o nome que ela tem a preservar.

    1. Já começou a ser salva, visto que a mais arrogante já saiu!

      1. anonimo disse:

        Aff.sim a toda poderosa caiu,mas temos que ver o que esses docentes Rui e Vera anda fazendo na sala de aula..senhores da coordenação verifiquem isso.

  • ANONINO disse:

    Concordo com meu caro colega. eses professores andam arrotando bacaba mesmo! e a direção não vê isso.

  • ACADÊMICO (IESPES) disse:

    O que existe muito por lá tb são professores arrogantes, que pensam ser os donos da razão e do saber.são grossos no tratar com todos os acadêmicos,até posso citar nomes, Rui Gulherme (psicologia) a humildade passou longe desse Professor que se cha a ultima coca cola do deserto.subestima os academicos e vive desafiando a todos nós como se não fossemos capazes de tirar 10 nos trabalhos e provas dele. Vera Branco (Psicilogia) na sala de aula só sabe exaltar a familia dela como exemplo em tudo o que fala,seja qual for a temática, a Familia dela é o centro e exemplo sempre.ja estamos casados disso,o incrivel que os professores mais experientes que vem de fora não fazem isso e nem são soberbos e grossos como os daqui de nossa cidade. deixo aqui o meu desabafo pedindo que a direção do IESPES acompanhe isso com carinho,pois pagamos nosso curso e não somos respeitados ! e repeito é um dever da instiruição. para não acabar como a Verací fez…!

    1. Liuina Maia disse:

      Sou professora e como tal ministrei aulas em três cursos no IESPES, Turismo, Administração, e Comunicaçao Social, por 10 anos. Sou natural de Santarém e tenho a convicção de que nunca tratei meus alunos com arrogânia, pelo contrário os tratava como alunos desejosos de saber, os tratava com carinho, com afeição de amigos- alunos dentro do mais restrito respeito, e isto era mútuo, portanto não posso concordar de que essas características que você relatou sejam atitudes gerais de professores de Santarém.

      1. ACADEMICO (IESPES) disse:

        Minha Cara Mestra, ao falar aqui,não generalizei a situação..tanto que citei nomes…RUI GUILHERME E VERA BRANCO…havia um outro por lá que já voltou pro PARAZINHo chamado Paulo Holanda. eu a conheço e sei de seu carater e postura diante dos Alunos.

        1. Acadêmico Tristonho disse:

          nada a ver a sua colocação professora…por obséquio, a senhora conhece essas duas fuguraças chamadas rui guilherme e vera branco? isso sem falar do tal do Paulo Holanda que já foi embora!