Publicado em por em Infraestrutura

Iniciadas as obras de construção de moradias populares dos residenciais Santo André e Uruará. A executora do projeto é a Carmona Cabrera, empresa vencedora de licitação pública junto ao governo municipal. Os dois residenciais foram viabilizados através da parceria entre a Prefeitura de Santarém e o Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades. Leia […]

Obra de construção de moradias na Moaçara(Foto Rozinaldo Garcia) (9)
Operários no canteiro das moradias na Moaçara. Foto Rozinaldo Garcia

Iniciadas as obras de construção de moradias populares dos residenciais Santo André e Uruará. A executora do projeto é a Carmona Cabrera, empresa vencedora de licitação pública junto ao governo municipal.

Os dois residenciais foram viabilizados através da parceria entre a Prefeitura de Santarém e o Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades.

Leia também:
Seminf prepara novo embarque de pneus.

Os recursos são provenientes do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS). Os dois residenciais totalizam 480 apartamentos que serão entregues a custo zero para pessoas que vivem em áreas de risco.

A seleção dos beneficiados com o projeto será feita observando critérios sociais e ambientais e contará com auxílio da Semtras (Secretaria de Habitação e Secretaria de Trabalho e Assistência Social). Atualmente, Carmona Cabrera atua no nivelamento do terreno e abertura das vias internas dos conjuntos.

Os blocos de apartamentos são erguidos em uma área na avenida Moaçara, ao lado do terreno onde estão sendo construídas as moradias do programa Minha Casa Minha Vida, no bairro Aeroporto Velho, próximo ao CCZ.

No caso do residencial Uruará, serão 168 unidades, sendo 5 para portadores de necessidade especiais. No residencial Santo André, haverá 312 unidades, sendo 10 para portador de necessidade especial. Em ambos os projetos, as unidades habitacionais serão compostas por sala, cozinha, circulação, banho, quarto e área de serviço, sendo 42,39 m² de área construída.

O residencial Uruará tem orçamento de R$ 4.901.885,00 e o Santo André, R$ 10.145.628,00. ResSaltando que o valor total dos projetos não é referente apenas à construção das unidades habitacionais. A obra contempla também os serviços de terraplenagem, regularização e compactação da área. Arruamentos com meio-fio e calçadas para melhor acessibilidade e ainda pavimentação asfáltica das ruas.

Além de rede elétrica e iluminação, haverá ainda rede específica para abastecimento de água das unidades, bem como para combate a incêndio. Existirá ainda esgotamento sanitário na área com coleta de esgoto sanitário doméstico em rede própria que será levado para uma das estações de tratamento que já estão sendo construídas pela Prefeitura de Santarém.

Fonte: Prefeitura de Santarém


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *