Queixa-crime de advogado contra jornalistas é julgada improcedente pela Justiça, Jessica e vitória na JustiçaAlailson, Marcos, Jéssica Célia, Tabajara e Edy Portela, vitória na Justiça

Vitória dos jornalistas Marcos Santos e Alailson Muniz, além do apresentador de TV Edy Portela, na batalha jurídica com o advogado Rodrigo Jennings.

A Justiça julgou improcedente a queixa-crime ajuizada pelo advogado contra eles por suposto crime de calúnia e difamação.

Leia também – Luiza Brunet quer R$ 100 milhões do ex, acusado de agredi-la com violência.

Jennings pode recorrer da sentença.

O desfecho do caso em 1ª instância  (Fórum de Santarém) foi dado na sexta-feira, 15.

A Justiça entendeu que os fatos divulgados pelos jornalistas sobre o advogado no ano passado – acusado de falsificação de documentos – era de estrito “interesse público”.

A defesa de Marcos e Alailson foi feita pela advogada Jéssica Célia Carneiro; a de Edy, por Hiroito Tabajara.

  • 2
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Queixa-crime de advogado contra jornalistas é julgada improcedente pela Justiça

  • Ainda tem as Queixas Crimes conta o Xaropinho, que defendi e tbém foram julgados improcedentes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *