Da Agência Pará

Mojuí dos Campos, o mais novo município do Pará, criado em 2010, foi o 8º beneficiado pelas ações da Caravana Pro Paz no Baixo Amazonas.

Em 3 dias de ação, a demanda maior dos moradores foi pelos serviços de saúde. A oftalomogia bateu recordes de atendimento, com quase 1,4 mil consultas e cerca de 5 mil procedimentos.

Segundo a oftalmologista Melissa Krindges, a maioria dos moradores tem necessidade de usar óculos. A catarata, o pterígio (popularmente conhecido como “carne crescida”) e o glaucoma foram os problemas mais registrados.

Pro Paz em Mojuí dos Campos. Foto: Eliseu Dias

Mulheres aguardam na fila para atendimento em Mojuí dos Campos. Foto: Eliseu Dias

Além da prescrição de óculos, alguns pacientes foram encaminhados para cirurgia. Maria Eduarda Rodrigues, 7 anos, começou a ir mal nos estudos.

A professora se queixou para a mãe que a menina não copiava as matérias escritas no quadro negro. Questionada, Maria Eduarda confessou que sentia muita dor de cabeça quando forçava a visão para enxergar. A oportunidade de consultar a filha veio com a Caravana Pro Paz.

Leia mais em Caravana Pro Paz encerra atendimentos em Mojuí dos Campos.

Leia também:
Enchente: Dilma libera R$ 3 milhões para Jatene.
Licitação do ginásio será aberta dia 29.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Caravana Pro Paz encerra ação em Mojuí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ronaldo silva disse:

    o atandimento do propaz em mojui foi muito aproveitoso,so nao foi melhor que tinha bastante gente de santarem atras de atendimento,sendo que a caravana ja tinha feito o atendimento naquela cidade,e muita gente do mojui e comunidades vizinhas que eram pra ser atendidos nao foram,porque vinha gente de santarem dormir na fila e o povo de mojui a maioria ficaram sem atendimento por esse motivo!!!!!

  • José de Alencar Godinho Guimarães disse:

    A partir de um apanhado geral, a Caravana PROPAZ trouxe de fato atendimento prioritário à população de Mojuí e entorno, no entanto a demanda foi bem maior que a oferta e muita gente ficou sem atendimento que foi buscar. Uma coisa que chama a atenção é justamente ao que se refere ao atendimento em saúde, filas enormes para se conseguir uma consulta, isso só evidencia a carência desses serviços no setor público. Mas como nem tudo é maravilha, também se viu, mesmo na distribuição de fichas, uma verdadeira politicagem de amizade com aqueles mais influentes, uma pena, pois isso só evidencia a falta de respeito à população mais carente.